Siga o OTD

CBHG Hóquei protocolo retorno pandemia

Hóquei sobre a Grama

Guia aponta caminho para retomada segura das atividades

Documento lançado pela federação internacional traz recomendações e diretrizes específicas em relação à modalidade

Atletas contarão com dicas para voltar aos treinos com segurança (Wander Roberto/Exemplus/COB)

Guia aponta caminho para retomada segura das atividades

Seguindo os mesmos passos do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), que divulgou um guia para retorno seguro para a prática de esportes , a FIH (Federação Internacional de Hóquei) produziu um protocolo visando ajudar e apoiar toda a comunidade esportiva, particularmente, a do hóquei sobre a grama, durante o processo de retorno das atividades pós pandemia.

O documento traz recomendações e diretrizes específicas em relação à modalidade, indicadas para toda força de trabalho do hóquei sobre a grama, desde atletas até funcionários ligados a administração do esporte.

Através de um gráfico de avaliação de risco que leva em consideração a realidade do vírus no mundo, foram recomendadas diretrizes específicas para as associações nacionais e aos organizadores de eventos, a fim de adotarem medidas respeitando as leis e políticas de cada país.

Maior Risco

Por ser um esporte coletivo e de contato, a modalidade é apontada como uma atividade de maior risco e, portanto, está sujeita a níveis mais altos de controle e restrição nesse início de processo de retomada dos treinos.

Seguindo esse movimento, a CBHG (Confederação Brasileira de Hóquei sobre a Grama) também está organizando um protocolo de retorno recomendações dos órgãos competentes e deverá lançar em breve um documento próprio para o retorno às atividades.

+ Brasil participou de 22 das 28 edições de Jogos Olímpicos

Devido à atual situação no Brasil e no mundo, o retorno ao treinamento e à prática esportiva deve ser realizado cuidadosamente e obedecendo as recomendações dos órgãos de saúde e todos os níveis de governo locais.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

O hóquei sobre a grama, como um esporte coletivo e de contato, é visto como uma atividade de maior risco e, portanto, está sujeito a níveis mais altos de controle e restrição. A CBHG está organizando as recomendações dos órgãos competentes e deverá lançar um protocolo próprio de retorno às atividades.

Não há escala de tempo para que as etapas de retorno às atividades sejam atingidas e elas variam de país em país, de cidade em cidade, o que permanece é a busca pela prática segura em toda a comunidade do hóquei, priorizando a saúde, a segurança e a responsabilidade de todos os envolvidos.

O documento com o protocolo de retorno pós pandemia divulgado pela FIH pode ser acessado clicando aqui.

Mais em Hóquei sobre a Grama