Siga o OTD

Marlon Zanotelli - Rodrigo Pessoa

Hipismo

Marlon Zanotelli é 3° na Bélgica e Reynoso vence em SP

Zanotelli teve o melhor resultado brasileiro na Europa, enquanto José Roberto Reynoso e venceu prova internacional em São Paulo

Zanotelli subiu ao pódio na Bélgica (Divulgação/C&C photographie)

Marlon Zanotelli é 3° na Bélgica e Reynoso vence em SP

Neste sábado (12), Marlon Zanotelli conquistou o melhor resultado brasileiro do hipismo saltos, subindo ao pódio no Concurso duas estrelas de Opglabbeek, na Bélgica. Além disso, Rodrigo Pessoa ficou em sétimo nos EUA e José Roberto Reynoso venceu prova internacional em São Paulo, na sexta (11). Confira os destaques.

No Concurso de Opglabbeek, na prova com obstáculos a 1,35m/1,40m do solo e para cavalos de 7/8 anos, Marlon Zanotelli zerou o percurso e colocou o Brasil no pódio, ficando em terceiro com Danna RJ. Na mesma disputa, Carlos Eduardo Ribas foi apenas o 63° colocado.

+Veja todas as notícias sobre hipismo

Mas, na prova a 1,40m, Ribas bateu na trave e teve o segundo melhor desempenho brasileiro na Europa, zerando o percurso e ficando em quarto, com Kartouzo Van ‘T Kathof.

Além disso, no GP com jump-off e obstáculos a 1,45m, Marlon Zanotelli ficou em 13°, com Charlie Harper. E Ribas em 17°, ambos com quatro penalidades na segunda rodada.

Por fim, no Concurso quatro estrelas de Wellington, nos Estados Unidos, Rodrigo Pessoa foi o melhor brasileiro. Ele terminou em sétimo lugar com La Caramba, na prova a 1,45m. Na mesma disputa, Fábio Leivas foi apenas o 34° colocado, com Jack The Ripper.

Reynoso vence prova internacional em SP

José Roberto Reynoso
José Roberto Reynoso estreou com vitória (Luis Ruas)

Na sexta-feira (11), na primeira prova Internacional CSI-W D´ezembro, no Clube Hípico de Santo Amaro (SP), José Roberto Reynoso Fernandez Filho garantiu a 1ª colocação em sua estreia montando Daddy Cool JTH.

José Roberto Reynoso e Daddy Cool venceram sem faltas, em 34s20. Em 2º lugar chegou o top argentino Leandro Moschini com Valentino, sem faltas, 35s49. Já a 3ª colocação ficou com Guilherme Foroni com Clueso 5, uma falta no desempate, 35s23. E em 4º lugar chegou Artemus de Almeida montando Cosete JMen IV, um derrube, 36s07.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Além disso, somente José Roberto Reynoso e Marcello Ciavaglia, com 265,5 e 257 pontos, respectivamente, têm chances matemáticas de conquistar o título de campeão do ranking brasileiro senior top 2020, que será decidido no domingo (13).

Mais em Hipismo