Siga o OTD

Hipismo

Marlon Zanotelli bate na trave e é vice em prova na Bélgica

No Concurso de Opglabbeek, principal cavaleiro brasileiro termina no segundo lugar em prova 1 estrela

Por muito pouco, Marlon Zanotelli não conquista a prova (Instagram/marlonzanotelli/arquivo)

Marlon Zanotelli bate na trave e é vice em prova na Bélgica

Pelo segundo dia seguido, o hipismo saltos do Brasil ficou no quase nos mais diversos concursos internacionais. A vitória não veio, mas Marlon Zanotelli ganhou destaque ao ser vice na prova 1 estrela de Opglabbeek, na Bélgica.

Principal cavaleiro brasileiro de saltos, Marlon Zanotelli tem sua presença praticamente garantida no trio titular que irá para Tóquio-2020. Há ainda uma vaga de reserva na próxima edição dos Jogos.

E Marlon Zanotelli foi o segundo colocado na prova duas fases 1 estrela com obstáculos a 1,25 m. Montando Djinn de Riverland, o cavaleiro não cometeu nenhuma penalidade, mas ficou quase dois segundos atrás do belga Patrick Jonkmans. O terceiro lugar ficou com Leslie Goethals, outro belga.

Pelo segundo lugar na disputa em Opglabbeek, Marlon Zanotelli levou cerca de R$ 1,2 mil em premiação.

marlon zanotelli opglabbeek hipismo saltos
(Reprodução/worldofjumping.org)

Ainda em Opglabbeek, pela disputa para cavalos jovens, Marlon Zanotelli competiu com Danna RJ. O conjunto foi o 13º melhor na disputa 1 estrela para cavalos de 7 a 8 anos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK 

Discretos

Em Wellington, nos EUA, Celso Ariani, Fábio Leivas e Rodrigo Pessoa representaram o hipismo saltos brasileiro na prova 4 estrelas com obstáculos a 1,50 m.

Contudo, nenhum deles conseguiu um resultado significativo. Rodrigo Pessoa e Carlitos’s Way 6 terminaram no 48º lugar.

Celso Ariani e Ukulman de la Nutria terminaram no 59º lugar e Fábio Leivas, montando Verdi O’Merveilles, veio logo atrás, no 60º lugar.

Mais em Hipismo