Siga o OTD

Hipismo

Yuri Mansur consegue quarta colocação em Vilamoura

Cavaleiro brasileiro é destaque e fica próximo de pódio em Portugal; Rodrigo Pessoa fica com vice nos EUA

Yuri Mansur é destaque em mais um dia recheado para o hipismo saltos do Brasil (stefanograssophoto)

Yuri Mansur consegue quarta colocação em Vilamoura

A quinta-feira (22) foi mais um dia intenso de disputas do hipismo saltos brasileiro em território internacional. O resultado mais expressivo do dia foi conquistado por Yuri Mansur, que conseguiu a segunda colocação na disputa do Conjunto de Saltos Internacionais de quatro estrelas em Vilamoura, em Portugal.

O cavaleiro brasileiro montou um conjunto com Babycomeback para superar os obstáculos de 1.40m sem penalidades com o segundo melhor tempo da prova, de 50s19. A prova ainda contou com a participação de Felipe Notarbartolo (16º colocado), Flávio Abreu (21º), André Américo (23º), Monika Guillon (31º), Camila Mazza (48º) e Francisco Musa (73º).

Ainda em Portugal, o Brasil foi representado na prova CSI4* de duas fases com obstáculos de 1.50m. Novamente o principal destaque foi Yuri Mansur, que encerrou a disputa na 16ª colocação. Luiz Felipe Azevedo (22º), Felipe Notarbartolo (35º), Francisco Musa (40º) , Pedro Muylaert (42º), Felipe Guinato (45º) e Camila Mazza (48º) também participaram do evento.

+ Confira o vídeo que marca três anos para o Pan de Santiago

Já na prova CSI4* contra-relógio com obstáculos de 1.40m, o principal destaque brasileiro foi de Camila Mazza, que ficou com a 24ª colocação. Pedro Muylaert (45º), Yuri Mansur (58º) e André Américo (68º) completam a lista de cavaleiros brasileiros na prova.

Vilamoura ainda foi palco de competições de níveis menores no hipismo, como a CSIYH1* duas fases com obstáculos de 1,20m, em que Felipe Notarbartolo terminou na 10ª colocação, e a CY17, em que Flávio Abreu foi quarto colocado.

Tryon

Em mais uma dia de disputas em Tryon, nos Estados Unidos, Rodrigo Pessoa novamente chamou a atenção. Na disputa da Classe 818 de nível CSI4* com obstáculos de 1.35m, o cavaleiro campeão olímpico ficou com a segunda colocação ao montar My Jewel’s Magic Touch e fechar o percurso em 65s32, apenas três centésimos a mais que o primeiro colocado, o americano Audrey Schulze.

Rodrigo Pessoa - Karina Johanpetter - Pedro Veniss - Hipismo (Yuri Mansur)
Rodrigo Pessoa ficou em segundo em Tryon, nos EUA (Instagram/rodrigopessoa29)

Uma das provas mais importantes na semana no evento norte-americano, o CSI4* 1.50m classe 3 contou com a participação de Rodrigo Pessoa e Thiago Rhavy. O segundo teve um bom desempenho na prova e conseguiu a 17ª colocação. Mesmo disputando em dois conjuntos diferentes, Rodrigo não conseguiu destaque na prova e ficou na 60ª e 61ª posições.

Opglabbeek

Na Bélgica, a quinta contou com dois brasileiros competindo no hipismo de saltos. Fernando Chiarotto Penteado disputou a prova CSI2* contrarrelógio com obstáculos de 1.40m e ficou na 12ª colocação.

Leandro Abrahão fechou a disputa do duas vezes com obstáculos de 1.30m na 21ª e 52ª posições após competir com dois conjuntos distintos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

St. Lô

A França ainda foi palco de mais uma competição com a participação do hipismo brasileiro. Na disputa do CSI4* com obstáculos de 1.40m, as três penalidades acabaram atrapalhando Marlon Zanotelli de conseguir um resultado melhor que a 36ª colocação.

Mais em Hipismo