Siga o OTD

Matheus Corrêa - Felipe Amaral - Hipismo

Hipismo

Matheus Côrrea e Felipe Amaral são campeões na Europa

Matheus e Felipe tiveram os melhores desempenhos do Brasil no hipismo neste sábado (19). Além deles Ana Elisa Campos foi vice

Matheus Corrêa foi campeão na Holanda neste sábado (Divulgação)

Matheus Côrrea e Felipe Amaral são campeões na Europa

Em mais um fim de semana agitado pelas competições de hipismo ao redor do mundo, dois brasileiros se destacaram. Em Lier, na Bélgica, e em Peelbergen, na Holanda, Felipe Amaral e Matheus Côrrea, respectivamente, venceram suas provas.

Felipe Amaral foi campeão na prova CSI2* a 1,45m, montando Germanico T. Na mesma disputa, João Victor Castro ficou em sexto, com Tybo VD Tojopehoeve Z, e Fernando Chiarotto terminou em 31º com Invisibles Star.

+Jogos no Japão têm maior público desde início da pandemia

Na CSI2* a 1,40m, Felipe foi o único brasileiro, terminando em 35º lugar com Zambia Mystic Rose. Já na CSI2* a 1,40m especial, João Victor Castro competiu com duas montarias e ficou em oitavo, com Cocaine de Riverland e 14º com Touch of Class 17. Por fim, João também competiu na CSI2* a 1,35m e terminou em 18º com Helga.

Já em Peelberger, na Holanda, Matheus Côrrea foi o campeã da CSI1* a 1.30m, com Guus van de Smockelaer, e ainda ficou em nono com Holliday VIs. Na mesma prova, Thiago Ribas terminou em 26º com Mallito e Francisco Musa foi o 76º colocado, com Fast-Car Imperio Egipcio.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

O segundo melhor resultado na Holanda foi o de Ana Elisa Ramos que foi vice-campeã da prova CSI1* com Jump-Off a 1,10m, montando Edwina Imperio Egipcio.

Thiago Ribas ainda disputou mais duas provas e sua melhor colocação foi o 19º lugar com Kinky Van ‘T Heike, na CSI2* com Jump-Off , a 1,40m/1,45m. Além disso, Filippo Ferrantelli também competiu e seu melhor desempenho foi na CSI2* a 1,35m, na qual ficou em 27º, montando Bernardo Dw Z.

Astros na França

A competição em St. Tropez Grimaud, na França, contou com alguns dos principais nomes do hipismo brasileiro. Mas nenhum deles conseguiu chegar ao pódio. O melhor resultado foi o de Eduardo Menezes, que ficou em sexto lugar com Calypso des Matis, na CSI2*, a 1.40m.

Na mesma prova, Pedro Veniss ficou em nono com Balada de Colores e em 36º com Happy Y Girl. E por fim, Karina Johannpeter terminou na 41º colocação, com Finally Z.

Além disso, na prova CSI5 * a 1,45 m, Marlon Zanotelli foi 13º colocado, montando Kalinka van de Nachtegaele e Pepê Muylaert, o 18º, com Lumina. Por fim, na CSI5* com Jump Off a 1,45/1,50m, Yuri Mansur terminou em 24º, com Ibelle Ask, Pepê Muylaert, em 31º, com C’Est Dorijke, Eduardo Menezes, em 33º, com H5 Quintol, e Marlon Zanotelli, em 40º, com Nintendo Star.

Mais brasileiros na Europa

Mais três brasileiros estiveram em ação ao redor da Europa. Em Canteleu, na França, a única a competir foi Monika Guillon, que disputou três provas. Seu melhor resultado foi na CSI1* a 1,30m, contra o relógio, na qual ficou na 35ª posição, com Cigale de Riverland.

Já em Herzlake, o único brasileiro foi Bernando Alves, que terminou em quarto lugar na CSi1* a 1,35m, montando Tabouba DS Z. E encerrando o sábado de hipismo, em Gola Minore, na Itália, João Paulo Pereira dos Santos competiu em seis provas. E seu melhor resultado foi um oitavo lugar, montando Equinoxe Junior, na prova a 1,30 m.

Mais em Hipismo