Siga o OTD

Hipismo

Sem índices, equipe de adestramento fica fora de Tóquio 2020

Equipe brasileira tinha garantido a vaga olímpica com o bronze no Pan, só que não alcançou os índices mínimos estabelecidos pela Federação Internacional Equestre

Jonne Roriz/COB

Sem índices, equipe de adestramento fica fora de Tóquio 2020

No Pan-Americano de Lima 2019, a equipe brasileira de adestramento conquistou o bronze e a vaga condicionada por equipes para Tóquio 2020. Só que a Federação Internacional Equestre exige índices mínimos para a confirmação da vaga. E os cavaleiros do Brasil não conseguiram atingir os índices necessários, perdendo a vaga para os próximos Jogos.

Sem uma equipe completa de adestramento em Tóquio 2020, o hipismo brasileiro só sera representado com um conjunto na prova individual.

Ao menos três atletas brasileiros precisariam conquistar duas vezes o índice de 66% para que o país pudesse levar um time completo para Tóquio. Apenas João Victor Oliva e Leandro Lima atingiram a marca.

Mais em Hipismo