Siga o OTD

Paulista de handebol masculino

Handebol

Paulista vai de quarta a domingo em bolha na cidade de Arujá

Com seis equipes entre os homens e três entre as mulheres, competição em 2020 terá uma “bolha” por conta da pandemia

Torneios acontecem entre os dias 18 e 22 de novembro (Ricardo Bufolin / ECP)

Paulista vai de quarta a domingo em bolha na cidade de Arujá

A espera acabou. O Campeonato Paulista de handebol masculino de 2020 terá início nesta quarta-feira (18). Por conta da pandemia do coronavírus, neste ano todas as equipes ficarão em uma “bolha” na cidade de Arujá. O torneio entre os homens será disputado até o próximo domingo ( 22). Já o feminino tem início sexta-feira (20) e se encerra também no domingo. 

+ Nicholas Santos terá que tomar uma decisão para tentar Tóquio

O Paulista de handebol masculino de 2020 terá as seis equipes participantes divididas em duas chaves. No grupo A, é composto por São Caetano, São Paulo e Taubaté Unitau. Já no B estão as equipes do Pinheiros, Unicep São Carlos e Aciseg Guarulhos. Os dois primeiros de cada chave avançam para as semifinais. 

+ Jaqueline detona quadra da CBV: ‘estou toda arrebentada’

Já o Paulista de handebol feminino tem um formato diferente. Contando somente com Pinheiros, Aciseg Guarulhos e Araraquara, os três times jogam entre si e a equipe que tiver melhor aproveitamento será declarada campeã estadual de 2020.

Competições atípicas

Para Alex Aprile, treinador das equipes do Pinheiros ao lado de Sergio Hortelan, ambas as competições serão atípicas. “Não há expectativas porque ninguém tem parâmetro dos outros times devido à paralisação. Até setembro, não podíamos nem passar a bola por causa dos protocolos. Será um campeonato de tiro curto e tudo poderá acontecer. O Paulista vai servir como referência para as Ligas”.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Já Diogo Hubner, um dos atletas mais experientes do elenco masculino do Pinheiros, vê que será preciso seriedade dos times na disputa do torneio estadual. “O time está longe do ideal, mas dentro do contexto creio que estamos bem preparados. Cientes de que não estamos na melhor forma, será necessário ter tranquilidade”.

Mais em Handebol