Siga o OTD

Golfe

LAAC 2020 dará vaga no The Open, o torneio mais antigo

Andrey Xavier Borges, Fred Biondi, Daniel Kenji Ishii, Guilherme Grinberg, Matheus Park e Lucas Park representam o Brasil no Latin America Amateur Championship

LAAC 2020 dará vaga no The Open, o torneio mais antigo

Além do título em um dos principais torneios para golfistas amadores do mundo, o vencedor do Latin America Amateur Championship – LAAC 2020 (LAAC) receberá como prêmio também um convite para jogar o 149º The Open, o campeonato de golfe mais antigo do mundo.

O LAAC será realizado de de 16 a 19 de janeiro, em Mayakoba, no México, e o Brasil tem como representantes Andrey Xavier Borges, Fred Biondi, Daniel Kenji Ishii, Guilherme Grinberg, Matheus Park e Lucas Park, além do técnico Erik Andersson e do delegado Euclides Gusi, presidente da CBGolfe.

Esta é a primeira vez que o LAAC premiará seu vencedor com uma vaga no The Open, sendo a única condição a que mantenha seu status como jogador amador até a disputa do tradicional torneio profissional. O principal campeonato amador da região também oferece ao vencedor um convite para o Masters, uma isenção para o Campeonato Amador dos EUA e um convite para as fases finais de qualificação para entrar no Aberto dos EUA. Além disso, o jogador ou jogadores que terminarem em segundo lugar recebem isenções para a fase final de qualificação para entrar no The Open e no Aberto dos EUA.

+ INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Vale lembrar que o 149º The Open será realizado no Royal St George’s, na Irlanda do Norte, de 12 a 19 de julho de 2020. Trata-se do mais antigo campeonato de golfe do mundo, jogado desde 1860 em icônicos campos de golfe no estilo de links. O LAAC se tornou, portanto, um dos cinco eventos amador de elite, juntamente com o The Amateur Championship, European Amateur Championship, Asia-Pacific Amateur Championship e U.S. Amateur Championship, que oferecem aos golfistas amadores mais talentosos do mundo a chance de se qualificar diretamente para jogar no The Open.

“Estamos entusiasmados em oferecer uma vaga no The Open para o vencedor do LAAC, torneio que tem feito grandes avanços nos cinco anos desde que foi jogado pela primeira vez. Basta você olhar para o sucesso que o (chileno) Joaquín Niemann teve na temporada, para notar o crescimento dos melhores jogadores da região”, disse Martin Slumbers, Diretor Executivo do R&A.

Desde 2015, o LAAC é realizado em uma parceria entre o R&A, Masters e a USGA, e foi idealizado para contribuir com o crescimento e desenvolvimento do golfe na América Latina. O campeonato tem como protagonistas os 108 melhores golfistas amadores da região, de 28 países, de acordo com o Ranking Mundial de Golfe Amador.

Na edição de 2019, o Brasil fez sua melhor campanha na história do torneio, considerando que quatro atletas passaram o corte e três ficaram no Top-15 da classificação final – Andrey Xavier na quinta colocação, Fred Biondi em sexto e Herik Machado o 15º colocado.

Organizado pelo Masters Tournament, R&A e pela USGA, o LAAC seleciona seus participantes através do Ranking Mundial Amador. Em 2020, a competição contará com atletas da Argentina, Bahamas, Barbados, Bermuda, Brasil, Bolívia, Ilhas Cayman, Chile, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, Equador, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, Jamaica, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, Santa Lucia, Trinidad e Tobago, Uruguai, Venezuela e Ilhas Virgens.

Mais em Golfe