Siga o OTD

Ginástica Artística

Equipe do Brasil leva o ouro no Pan-Americano de ginástica

Equipe feminina do Brasil bateu os Estados Unidos e levou a medalha de ouro no Campeonato Pan-Americano de ginástica artística

Brasil Pan-Americano de ginástica artística
(Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

Momento histórico para a ginástica brasileira. Pela primeira vez, a equipe do Brasil superou os Estados Unidos e levou a medalha de ouro na final por equipes do Campeonato Pan-Americano de ginástica artística no Rio de Janeiro. Flávia Saraiva, Rebeca Andrade, Júlia Soares, Carolyne Pedro e Lorrane Oliveira conseguiram 162.999 pontos, contra 161.000 das norte-americanas.

Brasil e Estados Unidos fizeram um duelo direto, com as duas equipes competindo nos mesmos aparelhos a cada rotação. O primeiro foi o salto, onde a campeã olímpica Rebeca Andrade fez um Yurchenko com dupla pirueta excelente com nota 14.500. Flávia Saraiva fez o mesmo salto e teve 14.033 pontos. Carolyne Pedro fez um Yurchenko com uma pirueta apenas, recebendo um 13.033. No total, o Brasil conseguiu 41.566 contra 41.033 dos EUA.

Nas barras assimétricas, o Brasil teve uma novidade, com a entrada de Lorrane Oliveira na equipe no lugar de Christal Bezerra, que conseguiu 13.100 pontos. Flávia conseguiu 13.600 e Rebeca fez uma série com nota 14.433. Os Estados Unidos passaram o Brasil na segunda rodada (42.234 contra 41.133), com duas notas na casa de 13.9 pontos e com os 14.467 de Zoe Miller que fez a série mais difícil do dia (6.5 de dificuldade).

Brasil Rebeca Andrade
Rebeca Andrade voando entre as barras assimétricas (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

+ Brasil tem mais um dia 100% no GP Internacional de boxe no Rio

Espetáculo na trave e no solo

O Brasil fez uma ótima rotação na trave, com as três ginastas do país acertando suas séries e somando 41.467 pontos, contra 38.400 dos EUA. Júlia Soares conseguiu 13.467, Rebeca fez 14.133 e Flávia recebeu nota 13.867 para as suas apresentações. Os EUA tiveram uma queda com Kayla di Cello e foram para a última rodada 2.4 pontos atrás da equipe brasileira.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

No solo, o Brasil começou com Carolyne Pedro, tirando 12.333 e Júlia Soares conseguindo 12.867. Para fechar a competição, Flávia Saraiva fez uma apresentação excelente para tirar 13.633, a melhor nota da final no aparelho para garantir o ouro para a equipe.

Brasil Flávia Saraiva
Flávia Saraiva se apresentando no solo (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

O Brasil terminou a competição com um total de 162.999 pontos. Os Estados Unidos ficaram em segundo lugar com 161.000. O bronze ficou com o Canadá com 155.534, superando o México, que ficou em quarto lugar, por seis pontos.

Delegação brasileira comemora a medalha de ouro (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

Resultado histórico

Esta foi a primeira vez que o Brasil conseguiu superar os Estados Unidos em uma final por equipes. “Isso mostra todo o nosso trabalho, a confiança uma na outra, na equipe técnica. É uma conquista muito grande para gente, para a ginástica, para as meninas novas que estão chegando e as que já foram”, comentou Rebeca Andrade sobre a conquista. O foco agora das brasileiras é o Mundial, que será disputado no Reino Unido. “Liverpool aguarde a gente, porque agora estamos com mais garra ainda”, brincou Rebeca.

“A gente vem buscando fortalecer a equipe para classificar com time completo para Paris, então essa competição serve para ajudar na preparação. O Pan superou nossas expectativas e conseguimos esse ótimo resultado para o Brasil”, afirmou o técnico Francisco Porath. O treinador da seleção brasileira disse que a meta inicial da equipe para este ano é uma vaga entre as oito equipes que disputam a final do Mundial.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Ginástica Artística