Siga o OTD

Seleção brasileira feminina de futebol

Futebol

Seleção brasileira feminina faz jogo-treino em Teresópolis

Técnica Pia Sundhage dividiu as atletas convocadas em dois times e as jogadoras atuaram entre si em dois tempos de 30 minutos

Jogo-treino terminou com a vitória do time A por 2 a 1 (Créditos: Thais Magalhães/CBF)

Seleção brasileira feminina faz jogo-treino em Teresópolis

A seleção brasileira feminina de futebol realizou um jogo-treino neste sábado (19), na Granja Comary, em Teresópolis. A técnica Pia Sundhage usou a atividade para testar as jogadoras em diversas funções e dividiu as atletas em time A e B. 

A escalação do time A foi composta por: Bárbara; Chú, Bruna Benites, Érika e Tamires; Isabella, Vanessa, Aline Milene e Bruna Calderan; Victória e Maria Eduarda. Já o time B contou com: Luciana/Letícia; Fernanda Palermo, Pardal, Tainara e Tayla; Andressinha e Carol; Ary, Adriana, Camila e Duda.

Atletas comemorando um dos gols de Chú (Créditos: Thais Magalhães/CBF)

Por conta de uma contusão no pé direito adquirida no último treino de sexta-feira (18), a meia Vitória Yaya acabou sendo poupada do jogo-treino deste sábado. 

+ De Jequeri à Granja Comary: a trajetória da sonhadora Duda

“Primeiramente, nós estamos muito felizes por ter tido dois tempos de trinta minutos. Algumas jogadoras foram muito bem e nós também queríamos ver algumas jogadoras em posições diferentes. Nós mudamos um pouco para o segundo tempo e avaliamos, os testes foram muito bons”, destacou a auxiliar-técnica do Brasil Lilie Persson.

O jogo-treino terminou com vitória do time A por 2 a 1. Os gols saíram somente na segunda parte da atividade e foram marcados por Chú, duas vezes, e Duda. 

Jogadoras participaram de dois tempos de 30 minutos (Créditos: Thais Magalhães/CBF)

Valorização do período de treinamentos

A semana de treinos da seleção brasileira feminina de futebol está sendo possível por conta da data FIFA. O período estava reservado para jogos preparatórios, e cancelada em agosto, pela entidade máxima do futebol por conta da pandemia. A CBF usou os dias para treinamentos com as jogadoras que atuam no país e o Brasileiro feminino de futebol foi paralisado. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“Acredito que quando a gente faz um período de treinamento, se a evolução da equipe é em uma linha ascendente, é absolutamente perfeito. É desta mesma maneira que você quer iniciar uma Copa do Mundo ou uma Olimpíada, Ao final você quer atingir esse nível. É claro que teria sido melhor jogar com uma outra Seleção, mas nós estamos em uma situação mundial diferente, então o que temos é perfeito. Aqui é um lugar gostoso de se estar”, ressaltou a auxiliar. 

Arara chama a atenção

Durante o jogo-treino um fato inusitado chamou a atenção. Durante o segundo tempo do duelo, uma arara pousou na cabeça da zagueira Bruna Benites e interrompeu a atividade. A cena gerou muita descontração das atletas e, após, o pouso equivocado, a ave seguiu seu voo pelos ares da região serrana. Veja o vídeo do pouso da arara aqui

+ Ketlen recebe camisa autografada por Pelé pelos 100 gols

O fato chamou bastante a atenção de Pia e da auxiliar Lilie Persson. As duas suecas ficaram admiradas com a situação e falaram sobre o pouso da arara durante o treino. “Há coisas que só acontecem no Brasil (risos)”. 

Bruna Benites e a arara no jogo-treino (Créditos: Thais Magalhães/CBF)

“Eu estava no meio do campo, a gente estava com a bola atacando e eu olhei pra frente e vi que ela estava vindo na minha direção. Eu só virei de costas e achei que ela fosse passar. Mas aí percebi que pousou no meu ombro, e como eu sabia que ela era mansa e tranquila, fiquei quieta parada ali. Porém eu não imaginava que ela ia subir na minha cabeça, o Fabinho (preparador físico) ficou falando que ia tirar, e eu fiquei parada. Ela me apertou um pouco e subiu para a minha cabeça, mas fiquei tranquila. Ela aparece com frequência por aqui, mas acredito que pousar em alguém seja a primeira vez, isso significa sorte, foi uma cena muito legal. É um privilégio, vou jogar na loteria (risos)”, conta Bruna Benites, que foi alvo do pouso da ave.

Mais em Futebol