Siga o OTD

Pequim 2022

Atletas paralímpicos passam por exames visando Pequim-2022

Delegação brasileira que vai aos Jogos de Inverno do ano que vem, na China, tem seis competidores em duas modalidades, número recorde com o dobro da edição anterior

esporte de neve paralímpico Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim-2022
(reprodução/CPB)

Os atletas do esporte de neve paralímpico Cristian Ribera, Aline Rocha, Wesley Santos, Robelson Lula e Guilherme Rocha estiveram no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, para a realização de bateria de exames como parte da preparação para os Jogos de Inverno. O evento será em Pequim-2022, na China, entre os dias 4 e 13 de março do ano que vem. Os cinco passaram por exames de sangue e avaliações cardiorrespiratórias.

“Essa rotina de exames é bastante importante para o atleta. Ainda mais depois de um período complicado que passamos da pandemia e agora estamos readaptando o corpo aos treinos”, avaliou Robelson Lula, 28 anos, que tem como especialidade as provas de sprint, long e middle distance, no para cross country.

Recorde dobrado

“Esses exames vão ser muito importantes para mostrar para a gente como estamos fisicamente e como temos nos preparado. Assim, conseguiremos planejar os próximos meses para chegar bem em Pequim. Temos treinado muito forte aqui no Brasil”, afirmou Wesley Santos, 23 anos. Ele foi contemplado com um convite para competir no para cross country de Pequim-2022.

+ De patrocinador novo, seleção viaja visando o mundial e Paralimpíada

André Barbieri também foi contemplado com um convite para competir na China, mas nas duas provas de para snowboard, banked Slalom e snowboard cross. Desta forma, o Brasil aumenta o recorde de participação nos Jogos Paralímpicos de Inverno, totalizando agora seis vagas. São quatro no cross country masculino, uma no feminino, além da no snowboard. Assim, o país dobra o recorde anterior, na edição de 2018 em PyeongChang, na Coreia do Sul.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Preparação

Antes dos Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim-2022, os atletas brasileiros vão participar de competições de esporte de neve nos Estados Unidos e na Europa, quando participam da etapa da Copa do Mundo na Suécia e da Europa Cup na Finlândia. “Estes exames são o pontapé inicial para os Jogos de Inverno. No ano passado, consegui melhorar a minha técnica de curva e espero chegar forte nestas próximas etapas da Copa do Mundo. E a ansiedade já está bastante para Pequim”, finalizou Guilherme Rocha, 25 anos.

Mais em Pequim 2022

viagra