Siga o OTD

Esgrima

Campeonato Brasileiro Cadete e Juvenil começa nesta quinta em Curitiba

Evento receberá 222 esgrimista e servirá também como preparação para o Sul-Americano juvenil

esgrima
(Augusto Bizzi/FIE)

O Campeonato Brasileiro Cadete e Juvenil começa nesta quinta-feira (16) e vai até domingo, no Círculo Militar, em Curitiba (PR). Os principais atletas da nova geração da esgrima buscam o título e testam suas forças para o próximo desafio internacional: o Campeonato Sul-Americano Pré-Cadete, Cadete e Juvenil (vai ser realizado em Ibagué, na Colômbia entre 11 e 16 de outubro).

A competição reunirá atletas sub-17 e sub-20 em todas as três armas (espada, sabre e florete) que disputarão torneios individuais e por equipes. Ao todo, o evento recebeu 222 inscrições para os confrontos individuais, sendo 103 para a espada, 55 para o sabre e 64 para o florete. l.

+ Revezamento misto fica na sexta colocação no mundial sub-19

Um dos destaques do evento em Curitiba fica por conta de Matheus Becker. Atual líder do ranking nacional sub-17 no sabre, o atleta da esgrima do Esporte Clube Pinheiros-SP enalteceu a disputa do Brasileiro como preparação para o Campeonato Sul-Americano, que está a pouco menos de um mês de ser iniciado.

“Acho bom a gente ter essa competição para conseguirmos acertar os últimos detalhes para o Sul-Americano. Além disso, vai ser bom para nos acostumarmos de novo com um calendário ativo com vários campeonatos, o que a gente acabou perdendo por conta da Covid ano passado e parte desse ano”, disse o atleta da esgrima que disputará as competições de sabre individuais sub-17 e sub-20 e por equipes sub-20 no Brasileiro.

Outra atração é Gabriella Vianna, que também é atleta da esgrima do Esporte Clube Pinheiros. A esgrimista é a nº 1 do Brasil na categoria sub-17 no florete e está inscrita nas competições individuais da arma no sub-17 e no sub-20 e na disputa por equipes sub-20. Ela ressaltou o peso do Brasileiro frente aos outros campeonatos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

“Eu acho muito importante, porque, além de carregar o nome Campeonato Brasileiro, só temos uma vez ao ano, pois os outros são Torneios Nacionais. Por isso, a sua disputa traz um peso emocional maior”, exaltou a atleta, que ir à pista em Curitiba vai ser importante, principalmente, para segurar a ansiedade diante de grandes eventos: “É importante justamente para treinar essa parte do controle da ansiedade e como a sua cabeça vai ficar durante o jogo, fora os aspectos técnicos que eu e meu técnico analisamos durante e depois da competição”.

Mais em Esgrima

viagra