Siga o OTD

A atleta Bia Bulcão, da esgrima, se despede de Portugal nesta segunda-feira (18). A esgrimista realizou um período de treinos em mais uma etapa do Missão Europa, programa elaborado pelo COB (Comitê Olímpico do Brasil). No CT de Rio Maior, ela desfrutou de toda estrutura necessária no local e, de terça-feira (19) em diante, seguirá trabalhando na Itália, no clube Frascati Scherma, onde será orientada pela técnica italiana Alessandra Nucci.

Tóquio 2020

FIE confirma realização de três competições antes do Pré-Olímpico

Bia Bulcão é uma das brasileiras que vão tentar vaga em Tóquio no Pré-Olímpico das Américas (Daniel Varsano/COB)

FIE confirma realização de três competições antes do Pré-Olímpico

Um bom teste para nossos esgrimistas que ainda buscam vagas nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A Federação Internacional de Esgrima (FIE) confirmou, nesta segunda-feira (25), três competições em seu calendário oficial. Serão os primeiros torneios internacionais disputados na modalidade desde a declaração de pandemia pela Organização Mundial de Saúde.

As competições confirmadas contemplam todas as armas e gêneros. A primeira a acontecer é a Copa do Mundo de Sabre, entre os dias 10 e 14 de março, em Budapeste, na Hungria. Logo depois, vem a Copa do Mundo de Espada, de 19 a 23 de março, em Kazan, na Rússia. Por último, o Grand Prix de Florete, de 26 a 28 de março, em Doha, no Catar. Os três torneios terão disputas nos dois naipes.

Para a realização dos torneios, a FIE tomou algumas medidas. Além dos protocolos para impedir o contágio pela Covid-19, a Federação irá subsidiar um teste para cada atleta e demais participantes dos eventos, nos países anfitriões.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“Estamos em um período muito complicado no mundo inteiro. Estamos praticamente há um ano sem competir, o que, sem dúvidas, afetará o psicológico de muitos atletas. Ter uma Copa do Mundo antes do Pré-Olímpico, para mim, será uma ótima maneira de sentir um gostinho do mundo competitivo novamente, podendo chegar ao Pré-Olímpico mais preparado do que antes”, afirma o sabrista Bruno Pekelman.

“Acho importantíssimo ter essa competição, porque assim vamos conseguir “lembrar o que é uma competição”, entrar no ritmo para jogar uma das provas mais difíceis de todas e diminuir um pouco o estresse do Pré-Olímpico no meio de uma pandemia”, comemora Karina Trois, representante brasileira no sabre feminino.

+ TODAS AS NOTÍCIAS SOBRE ESGRIMA

O Brasil tem a possibilidade de contar com até seis atletas na Olimpíada. Dois deles, são nomes que devem se classificar sem sustos pelo ranking mundial: Nathalie Moellhausen (espada feminina) e Guilherme Toldo (florete masculino). Os demais já não têm chances ou contam com remotas chances de entrarem pelo ranking mundial e vão buscar uma vaga no Pré-Olímpico das Américas, que será realizado em abril, no Panamá: Athos Schwantes (espada masculina), Bia Bulcão (florete feminino), Bruno Pekelman (sabre masculino) e Karina Trois (sabre feminino).

Categorias de Base

Ao informar a realização das três competições, a Federação Internacional de Esgrima (FIE) também comunicou que o Campeonato Mundial Cadete e Juvenil de 2021 foi definitivamente cancelado, em razão das restrições impostas pela pandemia. A Federação deve informar, em breve, como ficará o ranking mundial juvenil.

Mais em Tóquio 2020