Siga o OTD

Curiosidades olímpicas

Maior vencedor do handebol teve três bandeiras diferentes

Andrey Lavrov foi campeão olímpico pela União Soviética, pela Comunidade dos Estados Independentes e pela Rússia

O russo Andrey Lavrov ganhou três medalhas de ouro e uma de bronze no handebol em Jogos Olímpicos (Getty Images)

Maior medalhista da história do handebol em Jogos Olímpicos, Andrey Lavrov subiu ao pódio por três bandeiras diferentes. Foi campeão em Seul-1988 pela União Soviética e em 1992 pela Comunidade dos Estados Independentes. Depois, foi ouro e bronze pela Rússia, respectivamente, em Sydney-2000 e Atenas-2004.

Nascido em Krasnodar em 26 de março de 1962, o goleiro Andrey Lavrov estreou em Jogos Olímpicos em Seul-1988. Pela primeira vez desde Munique-1972, a seleção campeã ganhou todos os jogos para conquistar o título. Para levar a medalha de ouro, a União Soviética bateu a surpreendente Coreia do Sul na final por 32 a 25.

Andrey LAvrov comemora conquista dos Jogos de Sydney
Andrey Lavrov comemora a medalha de ouro em Sydney-2000 (Getty Images)

Em dezembro de 1991, a União Soviética, que reunia 15 repúblicas (Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Estônia, Geórgia, Cazaquistão, Quirguistão, Letônia, Lituânia, Moldávia, Rússia, Tajidquistão, Turcomenistão, Ucrânia e Uzbequistão), chegou ao fim. Não havia, no entanto, tempo hábil para que os países competissem de forma independente dos Jogos Olímpicos de Barcelona-1992. Por conta disso, os atletas da extinta União Soviética competiram sob a bandeira olímpica na que foi chamada de Comunidade dos Estados Indepentes (CEI).

E foi sob a bandeira olímpica que Andrey Lavrov conquistou seu segundo ouro olímpico. Para chegar ao título, a CEI venceu todos os seus seis jogos para ser campeã. Na final, a vitória foi apertada sobre a Suécia, que tinha conquistado o Mundial de 1990 em cima da União Soviética: 22 a 20.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NOINSTAGRAM E NO FACEBOOK

Já competindo pela Rússia, Andrey Lavrov foi campeão mundial em 1993 e vice-campeão europeu em 1994. Por conta disso, os russos chegaram a Atlanta-1996 cotados para ir ao pódio mais uma vez. Mas as previsões falharam.

Na estreia da Rússia em Jogos Olímpicos, a equipe foi derrotada por Croácia e Suécia na primeira fase e terminou em terceiro lugar no Grupo A. Com isso, disputou o quinto lugar contra o Egito, que derrotou por 29 a 26. A medalha de ouro foi conquistada pelos croatas, que venceram a Suécia por 27 a 26 na decisão.

Apesar do fracasso em Atlanta, a Rússia foi campeã europeia em 1996, ganhou o Mundial de 1997 e foi vice em 1999. Com 38 anos, Andrey Lavrov disputou sua quarta Olimpíada em Sydney-2000. O goleiro foi homenageado ao ser escolhido como porta-bandeira da Rússia na cerimônia de abertura dos Jogos.

Andrey LAvrov foi porta bandeira da Rússia em 2000
Andrey Lavrov levou a bandeira da Rússia em Sydney-2000 (Getty Images)

Apesar de ter perdido para a Alemanha por 25 a 23, a Rússia venceu os outros quatro jogos e terminou em primeiro lugar no Grupo A. Depois, bateu a Eslovênia (33 a 22) nas quartas de final, a Iugoslávia por 29 a 26 na semi e a Suécia na decisão por 28 a 26.

Na decisão, os suecos chegaram ao intervalo vencendo por 14 a 13. No segundo tempo, perdiam por 16 a 14 quando Andrey Lavrov começou a fazer uma série de defesas espetaculares. Com isso, a Rússia conseguiu marcar sete gols seguidos e virou o placar para 21 a 16. Depois disso, o adversário ainda tentou reagir, diminuiu a vantagem, mas terminou perdendo por dois gols de diferença.

+ CONHEÇA O BLOG CURIOSIDADES OLÍMPICAS

Foi uma derrota decepcionante para a Suécia, que pela terceira vez seguida ficou com a medalha de prata, enquanto a Rússia conquistou seu primeiro título olímpico no handebol como nação independente. Já Andrey Lavrov se tornou o primeiro atleta da modalidade a conquistar três medalhas de ouro.

Em Atenas-2004, Andrey Lavrov disputou sua quinta e última Olimpíada aos 42 anos. Desde 2000, a Rússia não subia ao pódio em competições internacionais. A última vez havia sido com o vice-campeonato europeu quatro anos antes dos Jogos. Por conta disso, os russos, apesar de respeitados, não estavam na lista dos favoritos.

Andrey LAvrov tenta a defesa
Andrey Lavrov jogou mais de 320 jogos pela seleção russa (Getty Images)

Os resultados da primeira fase deixaram isso ainda mais claro. Com apenas duas vitórias em cinco jogos, a Rússia se classificou para as quartas de final em quarto lugar para enfrentar a França, que venceu todos os jogos do Grupo A e passou à fase seguinte na primeira colocação.

Nas quartas de final, no entanto, a Rússia superou as expectativas e eliminou a França com uma vitória por 26 a 24. Na semifinal, no entanto, não foi possível surpreender a Alemanha, que se impôs por 21 a 15.

Eliminada da disputa pelo título, a Rússia jogou pelo bronze contra a Hungria e venceu por 28 a 26. Assim, Andrey Lavrov se despediu dos Jogos Olímpicos no pódio ao conquistar sua quarta medalha em cinco edições disputadas.

Com três medalhas de ouro e uma de bronze, Andrey Lavrov se aposentou em 2005 e atualmente é vice-presidente da Federação Russa de handebol.

Mais em Curiosidades olímpicas