Siga o OTD

Ciclismo Mountain Bike

Chileno campeão do mundo leva o Sub-23 em Petrópolis

Martin Vidaurre ficou com o título da etapa da Copa do Mundo disputada no Rio de janeiro. No feminino, a francesa Line Burquier liderou a disputa e venceu com menos de um minuto de vantagem

Copa do Mundo de Mountain Bike Sub-23 Petrópolis Martin Vidaurre
Pódio masculino na sub-23 (Marcelo Rypl)

Atual campeão mundial sub-23, o chileno Martin Vidaurre iniciou a busca pelo título da Copa do Mundo de Mountain Bike da categoria com vitória na prova de XCO – Cross Country Olímpico – realizada neste sábado (9) em Petrópolis, Rio de Janeiro. No feminino, a francesa Line Burquier liderou a disputa com vantagem de apenas 56 segundos da segunda colocada Sara Cortinovis e levou a vitória.

Vidaurre – que também conquistou no último fim de semana a prova XCO super elite – cruzou a linha de chegada com o tempo de 1h03min32. O suíço Janis Baumann e o ucraniano Oleksandr Hudyma completaram o pódio. O terceiro lugar, inclusive, teve disputa até a linha de chegada, com Hudyma levando a melhor por apenas um segundo em relação ao americano Riley Amos.

Quem acompanhou a prova pôde testemunhar a garra dos atletas, que buscavam o pódio e pedalavam mais forte a cada volta em busca de uma melhor classificação – a distância do terceiro colocado para o sexto, ao fim da disputa, foi de apenas 12 segundos.

Vencedor da prova masculina, Martin Vidaurre, que brincou ao dizer que já se sente em casa no Brasil – fazendo referência à conquista deste sábado e a do último fim de semana – destacou a energia do público brasileiro e a estratégia de ter feito uma largada de prova forte.

“Me encanta correr no Brasil! A torcida é muito empolgante, eu gosto muito! Semana passada corri na elite e também foi muito bom. A estratégia na prova deste sábado foi fazer uma largada forte. Não poderia cometer erros e consegui desempenhar bem meu trabalho. Estou muito feliz!”.

Gustavo Xavier

O brasileiro Gustavo Xavier fez bonito na disputa e terminou a prova em nono lugar, levando a torcida à loucura com o seu desempenho e tendo seu nome gritado pelo público próximo a linha de chegada. Gustavo, que passou por dificuldades na prova – perdeu a dianteira na entrada do pump track, caindo em uma poça de lama logo na primeira volta – conseguiu se recuperar e terminar entre os dez melhores. Ele falou sobre as dificuldades ao longo da prova.

“A torcida brasileira deu um show! Isso com certeza nos motiva durante a prova. Na primeira volta acabei sentindo um pouco o ritmo, perdi algumas posições, mas consegui terminar no top 10. A pista exige muito do atleta, mas só tenho a agradecer. Valeu a todos pela torcida”, avaliou Xavier.

Line Burguier vence na categoria feminina

A competição feminina do sub-23 foi marcada por muita emoção e adrenalina. Em primeiro lugar ficou a francesa Line Burquier, que garantiu a vitória com o tempo de 1h00min22. Burquier imprimiu um ritmo forte durante a disputa e terminou 56 segundos à frente da segunda colocada, a italiana Sara Cortinovis. O Brasil conquistou grande resultado com a petropolitana Giuliana Morgen. Em uma prova de recuperação, Giugiu foi atrapalhada por uma queda logo após a largada, mas ainda assim, saiu do décimo para o quinto lugar na disputa, garantindo a colocação com 1h06min27.

A campeã da competição, Line Burquier, de 18 anos, disputou pela primeira vez uma edição de Copa do Mundo de Mountain Bike. A atleta falou sobre a emoção de estar disputando uma prova deste nível de competitividade. “Essa pista aqui no Brasil é uma loucura. Os brasileiros são muito apaixonados. Vê-los vibrando, emocionados, isso é muito bom depois de tanto tempo sem corridas”, disse a vencedora.

Diferente da disputa entre os homens, a categoria feminina teve grande diferença de distância da quarta colocada, Sofie Pedersen para a quinta, Giuliana Morgen. As atletas ficaram cerca de quatro minutos de distância uma da outra.

Natural de Petrópolis/RJ, Giugiu, também de 18 anos, saiu literalmente nos braços da galera. Após a prova, ela foi até ao público presente para comemorar o grande desempenho na corrida “Não tem preço isso, nem nos meus melhores sonhos eu imaginava viver tudo isso”, falou animada.

Junior Series

Na Junior Series, prova que abriu o dia de disputas da Etapa de Petrópolis da Copa do Mundo de mountain bike, Brasil e Argentina levaram a melhor. No masculino, o brasileiro Eiki Leôncio faturou o título com o tempo de 56min29. Já no feminino, a argentina Julieta Benedetti foi a vencedora, em 55min13.

Eiki Leôncio conseguiu abrir boa vantagem durante a prova e, no fim, apenas administrou o ritmo, vencendo com mais de um minuto de vantagem para o segundo colocado, o mexicano David Elias Rico. O brasileiro comemorou bastante o primeiro lugar, e ressaltou a felicidade de vencer no Brasil. “Eu tô muito feliz! A Copa do Mundo veio até nós e nada melhor do que representar o Brasil e, mais do que vencer, competir bonito e fazer uma grande festa com a galera. Foi minha primeira vez disputando uma etapa durante uma Copa do Mundo, então estou super feliz e empolgado para os próximos desafios”, comemorou.

Benedetti

Já Julieta Benedetti desbancou a brasileira Luiza Cocuzzi, que terminou a prova com o segundo lugar em 56min46. A argentina agradeceu a todos que dão suporte à sua carreira, e enfatizou os treinamentos e a disciplina como os ingredientes para mais conquistas. “Agora é continuar trabalhando passo a passo, competindo outras provas para ganhar experiência, porque muitos desafios ainda estão por vir.”

A conquista também teve outro fator especial para Julietta, que ao cruzar a linha de chegada foi recepcionada pelo compatriota Catriel Soto, que vibrou com a conquista para o país. “Muito feliz em vê-la competindo forte, com essa competência no circuito e conquistando o primeiro lugar. Uma alegria para nós (argentinos), que competimos há tantos anos, ver que esta geração vem pisando forte e que teremos grandes talentos no futuro do país”.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Ciclismo Mountain Bike