Siga o OTD

Boxe

Quatro brasileiros avançam no Strandja Tournament

Abner Teixeira, Hebert Souza, Wanderson Oliveira e Keno Malley conquistaram mais quatro vitórias para o Brasil na Bulgária. Torneio segue nesta quinta-feira

abner teixeira - Strandja Tournament
(Foto: Divulgação/COB)

No segundo dia de competições do tradicional Strandja Tournament, disputado em Sofia, capital da Bulgária, sete brasileiros entraram em ação e quatro deles seguem vivos para a próxima fase do torneio.

A primeira vitória do dia veio com Wanderson Oliveira (63kg), que superou o polonês Damian Durkacz por 5 a 0. Nesta quinta-feira, ele volta ao ringue para encarar Lasha Guruli, da Géorgia.

Na sequência, na categoria 91 kg, Abner Teixeira venceu mais uma. Depois de estrear com triunfo sobre o norte-americano Talley Jamar na última terça-feira, ele marcou mais um placar de 4 a 1, desta vez sobre o anfitrião Kristyan Dimitrov para se manter vivo na competição. Abner também entra em ação nesta quinta-feira, quando desafia o espanhol Enmanuel Reyes.

+ INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Na categoria 75kg, Hebert Souza estreou com o pé direito, superando o irlandês Michael Kevin pelo placar de 4 a 1. Também nesta quinta-feira, ele enfrenta Andrei Vreme, da Moldávia.

Por fim, Keno Marley, na categoria 81kg, encerrou o dia com mais um triunfo verde e amarelo. Após estrear na última terça-feira vencendo o polonês Mateuz Goinski, ele conseguiu mais um resultado positivo, agora superando o dinamarquês Amre Allman por 3 a 2. Na próxima fase, ele encara o bielo-russo Mikhail Dauhaliavets, também nesta quinta-feira.

+Quatro vitórias brasileiras na estreia do Strandja Tournament

Ainda na quinta-feira, Flávia Figueiredo (75kg ) sobe ao ringue para enfrentar a irlandesa Aoife O’Rourke, assim como Luiz Gabriel Oliveira (52kg), que encara o italiano Fabrizzio Capai.

Três brasileiros ficam pelo caminho

O primeiro brasileiro a entrar em ação nesta quarta-feira foi Luiz Fernando da Silva, na categoria 69kg, que acabou sendo derrotado por 3 a 2 por Alianksandr Radzionau, da Bielorrúsia, dando adeus ao torneio.

Na categoria 57 kg, Jucielen Romeu (57kg) estreou com derrotada por unanimidade para a indiana Sonia Lather. E por fim, Carlos Rocha, também nos 57kg, caiu para o irlandês Kurt Walker por 4 a 1.

Lesionada, Grazieli não compete

Originalmente, o Brasil teria oito representantes nesta quarta-feira, mas Grazieli de Jesus acabou não competindo devido a um entorse no joelho direito, sofrido ainda no Brasil. A comissão achou que daria tempo de se recuperar, o que não aconteceu. Por isso, decidiram poupar a atleta, que está fazendo fisioterapia na Bulgária para acelerar a recuperação e estar 100% para o Pré-Olímpico.

O torneio

De volta ao Stranja, um dos torneios mais tradicionais do calendário internacional de boxe, a seleção brasileira levou para a Bulgária a maior delegação de todos os tempos, com 19 representantes, oito atletas masculinos mais cinco atletas femininas, todos das categorias que serão disputadas em Tóquio 2020.

A competição em Sófia é a primeira etapa de preparação da seleção brasileira de boxe para o classificatório olímpico das Américas que será realizado a partir de 23 de março na cidade de Buenos Aires, Argentina.

Mais em Boxe