Siga o OTD

Basquete

Mandante vence primeira e Sesi Franca lidera decisão do NBB

O Sesi Franca está a uma vitória do título do NBB 2023/24. Neste sábado (8), o time francano retomou a liderança na disputa contra o Flamengo

Lucas Dias Sesi Franca Flamengo Final NBB 2023/24
Capitão Lucas Dias comanda Sesi Franca na vitória contra o Flamengo no terceiro jogo da final do NBB 2023/24 (Foto: Marcos Limonti/SFB)

O Sesi Franca está a uma vitória do título da edição de 2023/24 do Novo Basquete Brasil (NBB). Neste sábado (8), o time francano conseguiu retomar a liderança na disputa contra o Flamengo. E foi a primeira vitória dos mandantes na final, já que nos dois duelos anteriores os visitantes levaram a melhor. No confronto realizado em um ginásio Pedrocão barulhento, no interior de São Paulo, o capitão Lucas Dias e seus companheiros triunfaram diante da torcida por 81 a 73.

O ala/pivô Lucas Dias foi o cestinha do Sesi Franca, com 18 pontos. Pelo lado do Flamengo, o maior pontuador foi o também ala/pivô Gabriel Jaú, com 19, cestinha do jogo principalmente pelos acertos em bolas de três, com 15 pontos do perímetro. Quem também se destacou pelo time mandante foi o pivô Wesley, com 16. O armador venezuelano Guillent também alcançou dois dígitos na pontuação, com dez. No rubro-negro, o ala Didi e o pivô estadunidense Scott fizeram 13 e o ala Gui Deodato marcou 12.

Equilíbrio na primeira metade

O primeiro tempo entre Sesi Franca e Flamengo foi bastante equilibrado, com as defesas prevalecendo nos dez minutos de abertura e os ataques dominando o segundo quarto. Helinho e seus comandados fizeram 14 a 12 no período inicial, com destaque para o pivô Márcio, autor de seis pontos. Do lado rubro-negro, o principal nome foi o ala Gui Deodato, com cinco. Os mandantes foram mais eficientes nas bolas de dois pontos, mas os visitantes tiveram mais volume e comando dos rebotes: 11 a 5.

Na fase do jogo que antecede o intervalo, Sesi Franca e Flamengo tiveram 100% de eficiência nos lances livres, com o time francano superior nos arremessos de dois e o rubro-negro levando a melhor nas bolas de três. Os atletas dirigidos por Gustavo de Conti ganharam a parcial por 29 a 27, com 18 anotados em “chutes” do perímetro, seis convertidos de oito tentados. Gui Deotado seguiu como destaque, com sete pontos. Já entre os mandantes dois nomes apareceram para o jogo: Guillent, oito, e Wesley, sete.

Pivôs decisivos para Franca

Dois jogadores travaram duelo particular no terceiro período. Lucas Dias, do lado do Sesi Franca, com 12 pontos, e Gabriel Jaú, pelo Flamengo, com 13. O ala/pivô francano fez um quarto perfeito, com 100% de aproveitamento em todos os arremessos realizados. Já o camisa 9 dos visitantes manteve o time rubro-negro próximo ao marcador com acertos nas bolas de três pontos: três convertidas em cinco tentadas. Helinho e seus comandados ganharam os primeiros dez minutos do segundo tempo por 24 a 21.

No quarto decisivo o Sesi Franca foi muitos superior em dois aspectos: acertos de arremessos de dois pontos e rebotes. O time da casa converteu sete bolas das cinco tentadas, já o Flamengo amassou o aro, com cinco erros e nenhum acerto. Pelo time francano, o nome mais relevantes do quarto foi Wesley, com 100% de eficiência e oito pontos. Nos rebotes, os comandados de Helinho foram dominantes com 12 a mais: 15 a 3. Os mandantes venceram a parcial por 16 a 11, decretando o 81 a 73.

Confrontos na decisão

O Sesi Franca venceu o primeiro jogo da final por 69 a 56, no Maracanãzinho, em 1º de junho. Três jogadores comandaram a vitória francana no Rio de Janeiro. Lucas Dias teve 16 pontos e sete rebotes, enquanto Santiago Scala anotou 12 pontos, quatro rebotes e quatro assistência. Quem também fez uma boa partida foi David Jackson, com 10 pontos, dois rebotes e quatro assistências. Do lado do Flamengo, Gabriel Jaú foi o principal pontuador do time, com 15 pontos, além de seis rebotes.

+ Tabela do NBB 2023/2024

Já no segundo duelo, disputado no Pedrocão, na quinta-feira (6), o Flamengo devolveu o “roubo” de mando de quadra e ganhou por 76 a 68. Gui Deodato foi o cestinha da partida. Impulsionado pelas bolas de três pontos, ele anotou 23 para comandar o ataque do time rubro-negro. Scott, com 17, e Cuello, com 16, também passaram dos dez pontos no lado flamenguista. Pelo Sesi Franca, David Jackson foi o maior pontuador do time, com 15 pontos.

Campanha e histórico em finais do NBB

Flamengo e Sesi Franca foram os dois melhores times do NBB 2023/2024. As duas equipes tiveram campanhas idênticas na primeira fase, com 31 vitórias e cinco derrotas. Os comandados de Gustavo de Conti terminaram em primeiro lugar na classificação, porque levaram a melhor no confronto direto (vencendo os dois jogos contra o Franca). Já no mata-mata, o time Rubro-Negro passou por todos os seus adversários sem perder jogos, enquanto o francano teve duas derrotas na semifinal contra o Minas.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

O Flamengo está em sua décima final da história do NBB. A equipe liderou a fase de classificação e ganhou nos playoffs de Botafogo, Fortaleza Basquete Cearense e Bauru Basket, respectivamente. Assim, a equipe Rubro-Negra busca o oitavo título da competição, o primeiro desde 2020/2021. Por outro lado, o Sesi Franca está em sua quarta decisão, é o atual bicampeão e foi o segundo na temporada regular. O time francano passou por Mogi, Paulistano e Minas, nesta ordem, na etapa eliminatória.

Além disso, vale destacar que Flamengo e Sesi Franca se enfrentam pela terceira vez na história das finais do NBB. Nas duas primeiras, cada equipe levou a melhor uma vez. Em 2018/2019, com o Rubro-Negro venceu em cinco jogos. Enquanto na temporada 2021/2022, quem saiu vencedor foi o time francano, que ganhou em quatro partidas e sagrou-se campeão da competição pela primeira vez.

Formato de disputa

As finais do NBB são realizadas em melhor de cinco jogos, ou seja, quem vencer três é o campeão. Como a série está com liderança do Sesi Franca, por 2 a 1, teremos a quarta partida, que ocorrerá no Maracanãzinho, na quinta-feira (13), às 18h. Caso haja a necessidade, o quinto e decisivo duelo também acontecerá no Rio de Janeiro, no mesmo local, em 15 de junho, sábado, às 11h10 (sempre no horário de Brasília).

Clique para comentar

Você deve estar logado para postar uma comentário Login

Deixe um Comentário

Mais em Basquete