Siga o OTD

Basquete

Colômbia derruba invencibilidade do Brasil após duas prorrogações

Após duas prorrogações, Brasil perde para a Colômbia por 104 a 98 e sofre sua primeira derrota nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de basquete

Rafael Mineiro Brasil x Colômbia Eliminatórias para a Copa do Mundo de basquete masculino
Fiba

Depois de duas prorrogações, a Colômbia surpreendeu o Brasil, em Barranquilla, e venceu por 104 a 98. Com o resultado, o time da casa acabou com a invencibilidade da seleção brasileira na competição e garantiu a classificação para a segunda fase das Eliminatórias para a Copa do Mundo de basquete masculino. Com a vitória do Uruguai sobre o Chile por 75 a 65, os colombianos ultrapassaram os chilenos e ficaram com a terceira vaga do Grupo B para a próxima etapa.

O veterano Juan Tello, de 37 anos, foi o destaque da Colômbia com 26 pontos e dez rebotes. Apesar da derrota, teve também duplo duplo do lado do Brasil com 22 pontos e dez rebotes de Bruno Caboclo. O cestinha do lado brasileiro foi Marcelinho Huertas com 27 pontos.

O jogo

Precisando vencer para seguir viva nas Eliminatórias, a Colômbia surpreendeu o Brasil começando o jogo num ritmo muito forte. Em pouco mais de três minutos, o placar era de 13 a 4 para os donos da casa depois de uma bola do perímetro de Braian Angola.

Aos poucos, o Brasil tentou reagir e teve boas atuações ofensivas com Marcelinho Huertas, Lucas Mariano, Lucas Dias e Bruno Caboclo, que marcaram oito pontos cada um deles até o intervalo. Mas defensivamente, a equipe dirigida por Gustavo de Conti deixou muito a desejar nos dois primeiros quartos e a Colômbia terminou o segundo quarto com 11 pontos de vantagem (48 a 37) com grandes atuações de Braian Angola e Andre Ibarguen.

No terceiro quarto, o Brasil demorou a se encontrar. A Colômbia chegou a abrir 14 pontos de vantagem, mas a seleção brasileira reagiu no final e terminou o período perdendo por dez (65 a 55). Nos últimos dez minutos, a reação continuou, aproveitando muito erros de ataque dos colombianos. Assim, a diferença caiu para apenas um ponto, faltando 6min01s numa bola de três arremessada por Gabriel Jaú.

O Brasil, no entanto, não conseguiu passar na frente e a Colômbia voltou a abrir sete pontos, mas, aos poucos, a diferença foi caindo até o novo empate em 74 a 74 a 40 segundos do fim com Marcelinho Huertas.

A Colômbia voltou a liderar com uma cesta de Juan Tello a 23 segundos do fim. Com a última posse de bola, Bruno Caboclo tentou o arremesso de três, mas errou. O Brasil, no entanto, conseguiu ficar com o rebote e Tello acabou cometendo uma falta em cima de Marcelinho Huertas quando faltavam apenas cinco segundos. O camisa 9 acertou os dois lances livres, deixou tudo igual de novo e levou o jogo para a prorrogação.

+Com Damiris discreta, Lynx perde jogo apertado para o líder

No tempo extra, o Brasil finalmente passou a frente pela primeira vez no jogo na enterrada de Bruno Caboclo, que deixou o placar em 78 a 76. A partir daí, a impressão foi a de que a equipe comandada por Gustavo De Conti fosse fechar o jogo com vitória.

Faltando seis segundos, a posse de bola era colombiana e o placar apontava 87 a 84 para o Brasil. O técnico Guillermo Moreno parou o jogo para armar uma jogada para um arremesso de três. Lucas Dias foi inteligente e cometeu falta em Tello, que foi obrigado a ir para os lances livres. O camisa 3 da Colômbia acertou o primeiro, mas errou o segundo. O rebote, no entanto, ficou com Ibarguen, que serviu Angola, que errou o arremesso de três. Mas a bola ficou com Michaell Jackson, que conseguiu colocar a bola na cesta e empatou em 87 a 87, forçando mais uma prorrogação.

+SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Na segunda prorrogação, Braian Angola acertou uma bola de três logo de cara, mostrando que a Colômbia ia lutar até o fim pela vitória. Faltando 2min25s, a diferença era de sete pontos (96 a 89) para o time da casa. Liderado por Marcelinho Huertas e Bruno Caboclo, o Brasil voltou a reagir e encostou de novo no placar em 99 a 98.

Mas, desta vez, o Brasil não conseguiu passar a frente. Braian Angola marcou de três faltando 34 segundos e a Colômbia abriu quatro pontos. Na sequência, Rafael Luz tentou um arremesso do perímetro, mas não teve sucesso. Faltando cinco segundos, Michaell Jackson acertou dois lances livres e fechou a heroica vitória do time da casa por 104 a 98.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Fundador e diretor de conteúdo do Olimpíada Todo Dia

Mais em Basquete