Siga o OTD

LSB lbf thainá

Basquete

Thayná Silva faz 33 pontos, LSB RJ vence e sai na frente nos playoffs da LBF

Maior cestinha da temporada, Thayná Silva faz 33 pontos, LSB RJ vence Campinas por 80 a 69 e sai na frenta nos playoffs da LBF

Divulgação

Thayná Silva faz 33 pontos, LSB RJ vence e sai na frente nos playoffs da LBF

Não existia melhor momento para a primeira vez. Abrindo a série de quartas de final da LBF 2021, o LSG RJ/Sodê Doces venceu o Vera Cruz Campinas por 80 a 69, neste sábado (17). A vitória foi a primeira da história do time carioca contra os paulistas e também foi a primeira vez que a equipe campineira perdeu um jogo de quartas de final na competição nacional. Mais uma vez, o grande nome do duelo foi Thayná Silva, com 33 pontos, oito rebotes e 37 de eficiência. Pelo lado do Campinas, os destaques foram a armadora Tássia, com 23 pontos, e Gabi Guimarães, com 20 pontos e 11 rebotes.

-Tabela da Liga de Basquete Feminino – LBF 2021

O jogo

Atuando em casa, o LSB RJ foi mais atirado ao ataque nos primeiros minutos, comandado por Thayná Silva, e se manteve na frente do placar. Na metade do quarto, com um outro ritmo defensivo, o Campinas melhorou e encostou no marcador. Na reta final, as donas da casa voltaram a melhorar e abriram mais uma vez uma diferença, terminando os primeiros 10 minutos de jogo com 20 a 12.

A volta para o segundo período de jogo teve mais uma vez Thayná Silva comandando. Definindo as bolas no ataque, a jogadora manteve o LSB RJ na liderança do placar. Na segunda metade do quarto, o Campinas tentou buscar cortar a vantagem no marcador, mas o time carioca manteve a postura e foi para o intervalo de partida com a vantagem em 37 a 22.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Na volta para o terceiro quarto de partida, o Campinas buscou uma reação. Com uma sequência de 5 a 0, o time paulista soube cortar a desvantagem para 10 pontos e mudou um pouco o jogo. Apesar disso, o ataque da LSB RJ voltou a encaixar e a diferença no placar subiu para 18 pontos, forçando a parada no duelo. No retorno para a quadra, o Campinas voltou a ser superior e levou a desvantagem em 15 pontos, com 57 a 42, para os últimos 10 minutos de jogo.

Para abrir o quarto período, o Vera Cruz Campinas conseguiu uma sequência de 7 a 0 e trouxe a diferença para apenas oito pontos, com 57 a 49. Contudo, mais uma vez comandado por Thayná Silva, a LSB RJ teve uma resposta e deixou a diferença em 63 a 52. Atrás do placar, o time paulista aumentou a intensidade defensiva e em um contra-ataque voltou a deixar a diferença abaixo de 10 pontos, com 63 a 54, e o jogo parou.

Na volta para a quadra, o time carioca conseguiu controlar a vantagem no marcador. Sabendo trocar cestas durante os minutos que faltavam, o LSB RJ se manteve na liderança até o fim e confirmou a vitória por 80 a 69.

Mais em Basquete