Siga o OTD

bauru pinheiros nbb

Basquete

Em jogo definido no lance livre, Bauru elimina Caxias do Sul do NBB

Com um bom 2º tempo, time paulista contou com um erro de lance livre no último segundo para vencer por 74 a 73 e avançar

(Wilian Oliveira/Foto Atleta)

Em jogo definido no lance livre, Bauru elimina Caxias do Sul do NBB

Em partida extremamente equilibrada, definida no lance livre, o Bauru ganhou do Caxias do Sul, por 74 a 73, e se garantiu nas quartas de final do NBB. Nesta sexta-feira (23), contando com um grande jogo de Tyrone, que foi o cestinha do jogo, e Alex, time paulista cresceu no segundo tempo e fechou a série. Agora, o Dragão terá o Paulistano como oponente por uma das vagas na semifinal.

“Foi o melhor presente possível, essa vaga na próxima fase. Tenho que dar os parabéns para o Caxias do Sul, porque eles lutaram até o fim e o placar mostra isso. Estávamos muito mais ligados no primeiro jogo e hoje isso faltou. Precisamos jogar mais para seguir avançando”, comentou Tyrone.

O jogo

O começo do jogo lembrou um pouco a primeira partida. Com o Caxias do Sul marcando forte mais uma vez, o Bauru tinha dificuldades de desenvolver seus ataques e o placar acabou ficando baixo. Contudo, os gaúchos conseguiram um bom aproveitamento de fora e colocaram 10 a 4 no marcador. próximo a metade do quarto, os paulistas conseguiram a resposta e, com duas bolas de fora, igualaram o marcador em 10 a 10.

+RECEBA NOTÍCIAS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM OU PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

Na parte final doo período, usando muito bem as jogadas perto da cesta, o Caxias do Sul voltou a abrir vantagem no placar. Com isso, somada a boa defesa, os gaúchos fecharam os primeiros 10 minutos de partida com a liderança do marcador em 20 a 12.

Já nos primeiros minutos do segundo quarto, o Bauru melhorou. Marcando mais e conseguindo roubar a bola em algumas oportunidades, o time paulista encostou no marcador e deixou a diferença em 23 a 18. Contudo, a reação durou pouco. Jogando muito bem na defesa, o Caxias do Sul voltou a aumentar o volume de jogo e abriu 29 a 20, forçando o pedido de tempo.

Na volta, os gaúchos seguiram atuando melhor e com uma bola de fora de Túlio da Silva a vantagem passou de dez pontos pela primeira vez, com 32 a 20. Já na reta final do primeiro tempo, o Bauru encaixou uma série de defesas e voltou a diminuir a diferença, colocando 34 a 28 no marcador. Nos minutos finais, os gaúchos voltaram a colocar a diferença em 10 pontos mas, com uma bola de três de Alex no estouro do cronômetro, o marcador foi para o intervalo com 38 a 31 para o Caxias do Sul.

“O ritmo deles está muito bom e a gente não conseguiu igualar. Não tem muito segredo, precisamos voltar mais forte, sabemos que a equipe deles é forte e precisamos melhorar”, comentou Gui Deodato.

“No outro jogo nós defendemos bem mas atacamos muito mal. Hoje estamos com um aproveitamento nos arremessos, buscando mais os arremessos próximos a cestas e precisamos manter para vencer o jogo de hoje”, disse Shilton na saída para o intervalo.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Bauru cresce no segundo tempo

Ma volta para o segundo tempo, o time paulista cresceu no jogo. Com uma defesa mais agressiva, buscando a roubada de bola, e com mais volume no ataque, o Bauru foi encostando no placar e conseguiu a virada faltando menos de dois minutos para o fim do quarto, com 51 a 49. Na reta final, o Caxias do Sul cresceu no ataque, voltou a liderar o jogo mas, com uma bola de três de Gui Deodato, os paulistas foram para os últimos 10 minutos de partida com 54 a 52.

No começo do último quarto, gaúchos e paulistas trocaram cestas e se alternaram na liderança do placar. Próximo da metade do período, mais uma vez usando e abusando das bolas no garrafão, o Caxias do Sul abriu quatro pontos, com 63 a 59. Contudo, logo em seguida, o Bauru respondeu com uma bola de três de Tyrone e encostou novamente.

-‘Eu vou para fazer história’, diz Laís Nunes sobre o objetivo em Tóquio

Já na metade final do jogo, o Dragão do interior paulista voltou a liderar o marcador. Marcando melhor e conseguindo achar o melhor arremesso, o Bauru colocou 67 a 63 e o pedido de tempo pelo lado gaúcho foi feito. No retorno para a quadra, os dois times trocando cestas até que os gaúchos passassem a frente, com 70 a 69, faltando pouco mais de um minuto para o fim.

Neste momento, se deu melhor quem errou menos. Buscando deixar a bola com quem define, Graham e Alex chamaram a responsabilidade e deixaram o Bauru em vantagem, com 74 a 72, faltando pouco mais de 18s para o fim. Na última jogada, os gaúchos deixaram a definição com Shilton e o pivô sofreu a falta com 0.2s para o fim. Nos lances livres, o jogador acertou o primeiro e errou o segundo, sacramentando a vitória do Dragão por 74 a 73.

Mais em Basquete