Siga o OTD

O Minas é o primeiro clube garantido na semifinal da Copa Super 8 de basquete masculino. Na abertura do torneio, o time minastenista bateu o Mogi das Cruzes na tarde desta sexta-feira (15). Os comandados do técnico Léo Costa venceram o oponente por 96 a 71 em jogo disputado no ginásio Antônio Prado Jr, no Paulistano, em São Paulo (SP). A equipe mineira encara na próxima fase o vencedor entre São Paulo e Paulistano/Corpore. Champions LEague Américas

Basquete

Líder do NBB, Minas ganha vaga do Peñarol na Champions League

Minas entra no lugar do Peñarol e Brasil terá quatro times na Champions League Américas

Minas foi convidado para substituir o Peñarol na Champions League Américas (João Pires/LNB)

Líder do NBB, Minas ganha vaga do Peñarol na Champions League

O Minas Tênis Clube aceitou o convite da Federação Internacional de Basquete (Fiba) e está confirmada na disputa da segunda temporada da Champions League Américas, competição de clubes de maior importância da modalidade no continente. O atual líder do NBB substituirá o Peñarol, que não poderá participar da competição devido aos protocolos de saúde em vigor no Uruguai.

A disputa será a partir do próximo domingo (31/1) e se encerra em abril, com sistemas de “disputas em bolhas”, a princípio com três sedes iniciais confirmadas: Buenos Aires, na Argentina, Manágua, na Nicarágua e Rio de Janeiro, no Brasil.

+ CONFIRA A TABELA DA COMPETIÇÃO

A Champions League Américas contará com 12 equipes participantes de seis nacionalidades: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Nicarágua e Panamá. Duas equipes do Uruguai, que disputariam o torneio, desistiram da competição, o que abriu mais uma vaga para o Brasil e outra para a Argentina. Além do Minas, a equipe do Obras Basket, de Buenos Aires, também foi convidada para o campeonato.

O Brasil será representado por outros três times: Flamengo, Sesi Franca e São Paulo. O critério de qualificação para a Champions League Américas leva em consideração a classificação final do Novo Basquete Brasil (NBB) da temporada anterior. Como o Minas estava em quarto quando a competição nacional foi paralisada e, posteriormente, cancelada devido à pandemia de Covid-19, o time mineiro foi indicado pela Liga Nacional de Basquete (LNB) para a FIBA, que formalizou o convite à equipe minastenista nessa quarta-feira.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

A princípio, o sistema de disputa da Champions League Américas será com quatro grupos de três clubes. Na chave A estão Real Esteli (Nicarágua), Titanes (Colômbia) e Caballos de Cocle (Panamá). O grupo B tem Quimsa (Argentina), CD Valdívia (Chile) e São Paulo (Brasil). No terceiro grupo (C) estão San Lorenzo (Argentina), Sesi-Franca (Brasil) e Obras Basket (Argentina). O Minas está no grupo D, ao lado de Flamengo (Brasil) e Instituto Córdoba (Argentina). Devido às mudanças das equipes de última hora, a FIBA pode promover alterações em jogos e sedes, além do formato de disputa do torneio, que será confirmado nos próximos dias.


Técnico Léo Costa vê a participação do Minas na Liga das Américas como boa oportunidade (Foto: Divulgação/MTCTécnico Léo Costa vê a participação do Minas na Liga das Américas como boa oportunidade (Divulgação/MTC)

Para o técnico do Minas, Léo Costa, a oportunidade de disputar uma competição internacional chega em um bom momento para a equipe, que não pode disputar a Liga Sul-americana, adiada devido à pandemia. “Ficamos muito felizes com esse comunicado da FIBA de que a gente foi uma equipe selecionada para jogar a próxima Champions League, que é uma competição que a gente sempre teve como alvo. Acabou que a gente não pode jogar a Liga Sul-americana, que foi adiada, mas esse convite para a Champions vem em ótima hora. Espero que a gente consiga fazer uma participação muito boa e estamos todos muito motivados para o início deste campeonato, que já começa na próxima semana”, comenta o técnico do Minas Storm, que está na liderança do NBB 2020/21.

Mais em Basquete