Siga o OTD

Sete jogadores brasileiros do basquete entraram em quadra neste domingo (17) e esse número aumenta se somarmos aos jogos do sábado. E duas jovens do país ganharam seus jogos pela NCAA (Liga Universitária Feminina). Destaques para a pivô Kamilla Cardoso, de 19 anos e do Syracuse 99, e para a armadora Izabela Nicoletti, de 21 anos e do Florida State. Porém, tivemos atletas do Brasil jogando na Espanha e em Portugal.

Basquete

Vitórias brasileiras nos EUA e resultados distintos na Europa

Destaques para Kamilla Cardoso, de 19 anos e pivô do Syracuse 99, e para Izabela Nicoletti, de 21 anos e armadora do Florida State

Kamilla Cardoso fez 17 pontos e foi a segunda maior pontuadora do time e da partida (cuse.com/Divulgação)

Vitórias brasileiras nos EUA e resultados distintos na Europa

Sete jogadores brasileiros do basquete entraram em quadra neste domingo (17) e esse número aumenta se somarmos aos jogos do sábado. E duas jovens do país ganharam seus jogos pela NCAA (Liga Universitária Feminina). Destaques para a pivô Kamilla Cardoso, de 19 anos e do Syracuse 99, e para a armadora Izabela Nicoletti, de 21 anos e do Florida State. Porém, tivemos atletas do Brasil jogando na Espanha e em Portugal.

+ Flamengo bate Franca em duelo dos campeões da Copa Super 8

Kamilla Cardoso foi bastante efetiva para o triunfo do Syracuse como visitante contra o Miami, por 99 a 64. A pivô brasileira ficou em quadra por 24 minutos e marcou 17 pontos, a segunda maior pontuadora do time e da partida. Ela também pegou oito rebotes, sendo quatro defensivos e mais quatro no ataque. Na temporada 2020/21 da NCAA, a atleta está com média de 15,6 pontos por jogo.

+ Coletivo funciona, Bauru bate Fortaleza e vai à semi do Super 8

Além de Kamilla Cardoso, a brasileira Izabela Nicoletti também ganhou em rodada da NCAA. A camisa 33 do Florida State ficou em quadra por pouco mais de 16 minutos, mas não pontuou. A armadora tentou cinco arremessos, sendo três do perímetro, mas não converteu. O time dela atuou como mandante e derrotou o Louisville, por 84 a 56.

Brasileiros na Espanha

Quatro brasileiros em quadra na Espanha e só Marcelinho Huertas venceu na rodada (M. Henríquez/ACB)
Quatro brasileiros em quadra na Espanha e só Marcelinho Huertas venceu na rodada (M. Henríquez/ACB)

Na Liga Espanhola de basquete masculino (ACB), dois brasileiros estiveram em ação neste domingo e outros dois no sábado (17), com apenas um deles saindo vitorioso. O ala Vitor Benite jogou quase 22 minutos e fez três pontos na derrota do San Pablo Burgos, em casa, por 83 a 78, para o Valência. O RETAbet Bilbao, do pivô Felipe dos Anjos, perdeu fora de casa para o MoraBanc Andorra: 72 a 70. Ele fez seis pontos em quase 12 minutos.

+ Caio Pacheco não é suficiente e Bahia afunda na Argentina

Já no sábado, os brasileiros Leo Meindl e Marcelinho Huertas deixaram a quadra com resultados distintos. O ala, que joga pelo Urbas Fuenlabrada, foi superado como visitante pelo Casademont Zaragoza, por 105 a 85. O jogador, ex-Sesi Franca e São Paulo, anotou dez pontos nos pouco mais de 28 minutos que atuou.

+ Gernika, de Nadia Colhado, vence mais uma na Espanha

O único vitorioso do fim de semana na Liga Espanhola de basquete masculino foi o armador do Iberostar Tenerife. Marcelinho Huertas ficou em quadra pouco mais de 21 minutos e marcou sete pontos na vitória do Tenerife, como visitante, contra o Herbalife Gran Canaria, por 108 a 87. O líder da Liga ACB é o Real Madrid, com 16 vitórias em 17 jogos.

Três brasileiras em ação em Portugal

Três jogadoras brasileiras entraram em quadra neste domingo (17) na Liga Portuguesa de basquete feminino (Skoiy). As pivôs Aline Moura e Jennifer Nonato, do GDESSA Barreiro, foram derrotadas em duelo contra o Benfica, fora de casa, por 68 a 61. As duas iniciaram a partida como titulares. A primeira delas marcou 11 pontos e pegou 12 rebotes (duplo-duplo). Já a segunda anotou nove pontos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

A brasileira vitoriosa em Portugal foi ala-pivô Gabriela Guimarães. A jogadora do União Sportiva fez 16 pontos no triunfo de sua equipe, como mandante, contra o Galitos. Ela e suas companheiras não tiveram dificuldades para superar o adversário e ganharam por 24 pontos de vantagem: 96 a 72.

Mais em Basquete