Siga o OTD

Basquete

Corinthians bate o Brasília e sobe duas posições na tabela do NBB

Alvi-Negro venceu por 85 a 71 com 27 pontos de Fuller e saltou para a 7ª colocação do NBB

Corinthians bate o Brasília e sobe duas posições na tabela (Beto Miller/Agência Corinthians)

Corinthians bate o Brasília e sobe duas posições na tabela do NBB

Nesta segunda-feira (23), Brasília e Corinthians se enfrentaram no ginásio Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes, e o Timão conseguiu uma boa vitória que lhe rendeu uma ascensão na tabela do NBB.

A equipe de São Paulo fez um bom jogo coletivo, freou todas as tentativas de reação do Brasília e venceu por 85 a 71. O destaque do Corinthians foi o americano Fuller. O ‘Gringo da Favela’ anotou 27 pontos na partida. Lucas Cauê e Fischer também tiveram boas atuações.

“Acho que fizemos um bom jogo. Precisamos melhorar a nossa defesa e o nosso chute. Mas é só o começo. Essa pausa vai ser boa para nós. Eu preciso descansar um pouquinho [risos],” comentou o americano.

+ Confira a tabela do NBB – Novo Basquete Brasil – 2020/2021

Nesta segunda-feira (23), o Corinthians venceu o Brasília por 85 a 71 e subiu duas posições na tabela do NBB 2020/21; Fuller foi o destaque com 27 pontos
(twitterNBB)

O Brasília chegou para o confronto embalado após vencer a primeira no NBB na última rodada, quando superou o Pinheiros por 84 a 78. Apesar da boa atuação do veterano armador Nezinho, autor de 14 pontos e quatro assistências, a equipe da capital federal não conseguiu parar os arremessos de três do Corinthians

Subindo na tabela

Com os dois pontos conquistados, o Corinthians chegou a oito e subiu da 9ª para a 7ª colocação, ultrapassando Pato Basquete e Unifacisa. O Brasília permanece na 12ª posição. Antes dessa partida, a equipe da capital do país somava três derrotas no NBB.

O Corinthians volta a quadra na próxima sexta-feira (28), diante do Mogi das Cruzes. A partida ocorre às 16h, com transmissão ao vivo do Olimpíada Todo Dia. O Brasília só volta a atuar no dia 4 de dezembro contra o Unifacisa.

A competição

A tabela do NBB (Novo Basquete Brasil) da temporada 2020/21 está definida. Por conta do coronavírus, a competição será disputada em sete sedes, para diminuir a quantidade de viagens das equipes pelo país. O torneio tem seu início marcado para 10 de novembro. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

As sete sedes serão Ginásio Maracanãzinho (Rio de Janeiro), Ginásio Antonio Prado Jr. (CA Paulistano), Ginásio do Morumbi (São Paulo FC), Ginásio Prof. Hugo Ramos (Mogi das Cruzes), Ginásio Wlamir Marques (Corinthians), Ginásio Henrique Villaboim (EC Pinheiros) Ginásio da IESPLAN (Brasília-DF).

As escolhas das sedes 

Para decidir quais seriam as sedes dos jogos no primeiro turno, o Conselho de Administração do NBB tomou a decisão de realizar as sedes em capitais do Brasil para evitar os longos deslocamentos terrestres para cidades do interior ou cidades que não tenham aeroportos, por exemplo.

Não existe uma quantidade de partidas pré-definida por sedes. Para a decisão do calendário, foi levada em consideração a administração de logística das equipes e também às disponibilidades dos ginásios de cada sede. Por isso, será comum existirem sedes com sequências maiores de jogos e outras mais curtas.

A decisão do formato do segundo turno ainda está indefinido. Isso porque o NBB e as equipes vão aguardar a situação da pandemia no país e o andamento dos jogos no sistema de sedes fixas. Com isso, uma nova reunião entre a liga e os times está agendada para 8 de dezembro de 2020 para reavaliação do cenário. 

O segundo turno 

Caso seja escolhido a manutenção do sistema de sedes fixas, os jogos serão definidos usando o mesmo critério, a administração de logística das equipes e também às disponibilidades dos ginásios de cada sede. 

O segundo turno começará após a realização da Copa Super 8, que acontecerá entre os dias 16 e 23 de janeiro de 2021. O torneio reunirá os oito primeiros colocados do primeiro turno do NBB para uma disputa de mata-mata. O campeão terá uma vaga garantida na Basketball Champions League de 2022.

O protocolo de Covid-19

A LNB (Liga Nacional de Basquete) segue trabalhando no desenvolvimento do protocolo de Covid-19 para a temporada 2020/2021 do NBB. Para isso, foi contratado o médico infectologista Max Igor Banks Ferreira Lopes, do Hospital das Clínicas da USP, para dar todo o suporte necessário da confecção do protocolo.

O profissional será responsável por tirar todas as dúvidas dos médicos dos clubes do NBB e também da LNB nos mais variados segmentos, desde árbitros, atletas e técnicos, até dirigentes, staff e equipes de transmissão.

No final, o médico chancelará o protocolo, que será baseado no que já foi feito por outras entidades e adaptado à realidade do NBB e seu sistema de disputa. A versão final do protocolo deve ficar pronta no final da próxima semana.

Mais em Basquete