Siga o OTD

NBA Basquete

Basquete

Retorno da NBA na Disney vai custar cerca de R$ 800 milhões

As 88 partidas e mais as quatro rodadas dos playoffs na ‘bolha’ vão fazer com que a liga gaste muito, mas que não tome um prejuízo maior na pandemia

NBA - Liga de Basquete dos Estados Unidos (NBA/Lakers)

Retorno da NBA na Disney vai custar cerca de R$ 800 milhões

A ‘bolha’ na Disney planejada para a retomada da temporada da NBA e a conclusão dos playoffs em meio à pandemia vai fazer a liga gastar cerca de R$ 800 milhões. Contudo, a não realização da temporada acarretaria prejuízos maiores.

São três resorts alugados na Disney para abrigarem as 22 equipes ainda na briga, mais sete quadras para treinamentos, três arenas para os jogos, refeições, testes diários para coronavírus e toda a logística que envolve o retorno da principal liga de basquete de mundo.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Em declaração à “ESPN”, Adam Silver, comissionário da NBA, relativizou os gastos. “O que está em jogo é uma obrigação do nosso esporte e da indústria de encontrar um novo normal. Dólares e centavos não estão em jogo porque, francamente, não é nada econômico para nós jogarmos nesta ‘bolha’. É extremamente caro.”

E a conta real é bem maior que essa dos R$ 800 milhões. Isso porque a NBA já tomou prejuízo pela perda de bilheteria do restante da temporada e dos playoffs. Na ‘bolha’ da liga, todos os jogos serão sem a presença de público.

ESPN Wide World of Sports Complex, casa da NBA na retomada da temporada pandemia bolha, disney
ESPN Wide World of Sports Complex, na Disney, casa da NBA na retomada da temporada (Facebook/ESPNWWOS)

Balanço financeiro

Por outro lado, a NBA, com a realização das 88 partidas restantes da temporada 2019/2020 e mais quatro rodadas dos playoffs, não correrá o risco de perder dinheiro pelos acordos firmados com as emissoras de televisão.

+ Denver Nuggets fecha instalações após casos de coronavírus

Caso a temporada fosse cancelada por causa da pandemia, esse dinheiro poderia ir pelo ralo e até prejudicar a imagem da NBA.

Fora que a liga e as franquias ainda perderiam dinheiro com os salários dos jogadores. Mais de R$ 3 bilhões foram destinados para pagar as folhas salariais dos times. Pelo menos com a realização da ‘bolha’ na Disney, NBA e seus times verão boa parte dos jogadores em ação pelos próximos meses.

Mais em Basquete