Siga o OTD

Atletismo

Pernambuco conquista o Troféu Norte-Nordeste de Atletismo

Pernambuco conquista o Troféu Norte-Nordeste de Atletismo

A Seleção de Pernambuco comemorou neste sábado (20) a conquista do título da 41ª edição do Troféu Norte-Nordeste de Atletismo, realizada no Centro Interescolar de Educação Física Alberto Santos Dumont, no Recife. Com o resultado, a equipe manteve a sua longa hegemonia na classificação geral do mais importante torneio regional da modalidade do País.

Os pernambucanos conquistaram nos dois dias de evento 44 medalhas, sendo 13 de ouro, 17 de prata e 14 de bronze. Piauí ficou em segundo lugar, com 23 (13 ouros e 10 pratas), seguido do Rio Grande do Norte, com 21 (5 ouros, 4 pratas e 12 bronzes).

Na classificação masculina, Pernambuco também foi o campeão, com 24 medalhas (8, 8 e 8). Já na feminina, a vitória foi o Piauí, com 15 (8 de ouro e 7 de prata).

A competição reuniu 232 atletas, representando 13 Federações Estaduais. No Congresso Técnico, realizado na manhã de sexta-feira (19), no Auditório do Santos Dumont, foi eleita uma comissão de treinadores, que elegeram os velocistas Bruno Lins Tenório de Barros e Leticia Maria Nonato de Lima, ambos do Piauí, como os melhores atletas da competição.

Representante brasileiro nos Jogos do Rio 2016, Bruno Lins venceu os 100 e os 200 m e ajudou a equipe 4×100 m a conquistar a medalha de ouro. Nos 100, com 10.33, ele bateu o recorde do torneio, que pertencia a Vicente Lenilson de Lima desde 1996, com 10.49.

Já Leticia, de apenas 16 anos, mostrou-se uma grande promessa do esporte. Ganhou prata nos 100 m (11.94), ouro nos 200 (24.28) e ajudou as equipes do Piauí a vencer os revezamentos 4×100 m e 4×400 m.

Nos 200 m, obteve qualificação para o Campeonato Mundial Sub-18, que será disputado em Nairóbi, de 12 a 16 de julho, no Quênia. A façanha de Leticia foi muito comemorada porque é a primeira vez que o Piauí terá uma representante feminina em um Mundial da IAAF.

“Entrei na prova com muita garra porque estava treinando bastante para isso. Só tenho de agradecer a todos os que torceram por mim”, comentou a velocista.

Outros dois atletas olímpicos participaram do Troféu Norte-Nordeste Caixa: Cisiane Dutra Lopes (PE), que venceu os 20.000 m marcha atlética, com 1:48:11, e José Carlos Moreira “Codó” (PI), que integrou o revezamento campeão do 4×100 m.

O vice-presidente da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), Warlindo Carneiro da Silva Filho, também ex-presidente da Federação de Pernambuco, acompanhou o evento. “Quando instituímos o Troféu Norte-Nordeste sabíamos do potencial das nossas regiões”, disse Warlindo ao término da competição. “Este ano chegamos à edição de número 41, o Norte-Nordeste já está na história do esporte brasileiro”, concluiu.

Mais em Atletismo