Siga o OTD

Handebol

Após ótimo Mundial, brasileiras retornam à Champions League

Depois de um Mundial na Espanha com um ótimo resultado, as principais atletas do Brasil voltam à quadra pela Champions League de Handebol Feminino.

Bruna de Paula metz champions league handebol

Depois do sexto lugar obtido no Mundial da Espanha, em dezembro, as principais atletas do Brasil voltam à quadra pela Champions League de Handebol Feminino. O reinício da competição promete. Três atletas brasileiras entram em quadra nos dois primeiros dias: Duda Amorim pelo Rostov-Don e Bruna de Paula e Adriana Cardoso pelo Metz Handball.

+ Brasil é convocado para o Sul-Centro Americano masculino

A última participação de Duda Amorim

Com jogos válido pela fase de grupos, Duda Amorim, que já foi campeã cinco vezes jogando pelo Gyori, da Hungria, entra em quadra pelo Rostov-Don, da Rússia, no sábado. Jogando em casa, a brasileira enfrenta o time dinamarquês Team Esbjerg, às 12h no horário de Brasília e nos contou as expectativas.

“Ejsberg está em primeiro do grupo, então vai ser um confronto bem difícil. Elas estão jogando muito bem e têm uma equipe muito forte. Heistad e Breistol estão em ótima fase. Nosso último jogo contra elas conseguimos fazer um bom trabalho na defesa, mas no ataque faltou efetividade e mais criação de oportunidades. Espero que possamos melhor nosso nível em um todo e usar a energia de jogar em casa ao nosso favor. Seria muito bom começar o ano com dois pontos.”

Essa, que será a última Champions League de handebol feminino de Duda Amorim, já marca um momento feliz para a atleta.

“Não estou criando expectativas com o Rostov-Don. Temos uma equipe boa, mas não acredito que estamos jogando com a consistência necessária. Janeiro e fevereiro vão ser meses crucuais para conseguir uma melhor colocação no grupo e estamos trabalhando bastante pra isso. Seria maravilhoso participar do Final Four, mas se não acontecer estou feliz com tudo que estou vivendo aqui.”

As novas caras do Metz Handball

Recém contratada pelo Metz Handball da França, Adriana Cardoso entra em quadra junto com Bruna de Paula contra o Kastamonu Belediyesi GSK da Turquia. As duas brasileiras são outras duas atletas que vivem grande fase. Doce e Bruna fizeram um ótimo Mundial pelo Brasil, anotando muitos gols e jogando em alto nível. Ambas estão com fome de bola e são promessas nessa temporada. O Metz joga em casa, no dia 09 às 12h no horário de Brasília.

Todos os jogos podem ser acompanhados pelo site da EHF TV.

+ Siga o OTD no YOUTUBE, no INSTAGRAM e no FACEBOOK

Jogos adiados

O atual campeão da Champions League de handebol feminino, Vipers Kristiansand, da Noruega, que conta com um time repleto de estrelas como Nora Mork, atual campeã do Mundial de Handebol que aconteceu na Espanha no último dezembro, teria pela frente o time da Bárbara Arenhart, Krim Mercator, da Eslovênia.

Samara, que esteve presente com a Seleção Brasileira no Mundial, também teve seu jogo adiado. O CSM Bucuresti, da Romênia, jogaria contra o Brest Bretagne Handball da França.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Handebol