Siga o OTD

Handebol

Handebol e as meninas de ouro

Documentário retrata o passado da Seleção Brasileira e as dificuldades até o Mundial de 2013

Documentário retrata o passado da Seleção Brasileira e as dificuldades até o Mundial de 2013.
Jogadoras comemoram a inédita conquista do Campeonato Mundial de 2013 (Reprodução)

Os resultados e conquistas no esporte sempre possuem seu início relacionado a um trabalho de anos, tanto das atletas quanto da comissão técnica. E para o handebol feminino do Brasil, isso não foi diferente.

Lembranças e reconhecimentos das gerações passadas

Em 1999, tivemos a conquista do Campeonato Pan-Americano feminino de handebol. Com isso, mais visibilidade ao esporte e também para as nossas meninas que iriam à Olimpíadas pela primeira vez na sua histórica desde que o esporte havia entrado na lista dos participantes. A vitória não foi fácil, mas foi início de um caminho mais aberturas de portas para as próximas gerações.

+ Todas as seleções campeãs do mundo no handebol feminino

O documentário aborda de forma cronológica as principais dificuldades da seleção brasileira durante algumas gerações e o diretor recordou:

“Essas mulheres são muito guerreiras. O handebol é um esporte que quase não tem visibilidade, o que ele tem hoje foi conquistado pelo trabalho diário dessas jogadoras. É impressionante o quanto elas precisaram superar as dores físicas e psicológicas para conquistar o Mundial de 2013. Catorze atletas chegaram machucadas e a fisioterapeuta fez um cálculo de 254 atendimentos durante o torneio”, recorda Pedro. 

Em diversos momentos, a seleção campeã do Mundial de 2013 relembra os nomes e as barreiras que foram quebradas pela geração que ganhou o Pan-Americano em 1999, como por exemplo quando tivemos a primeira atleta brasileira a ter um contrato assinado para jogar na Europa, a nossa gigante e ainda na ativa, Chana Masson.

+ Confira aqui o documentário completo

Trabalho extra quadra

O destaque também fica para como foi trabalhado o lado mental, físico e tático das jogadoras e tiveram, como por exemplo a contratação de uma psicóloga para trabalhar com cada uma delas o poder da mente. Além disso, a grande importância de fisioterapeuta, médicos, nutricionista e os técnicos.

Documentário retrata o passado da Seleção Brasileira e as dificuldades até o Mundial de 2013.
Deonise Fachinello é uma das atletas mais experientes da Seleção Brasileira (Foto: Exame)

Vale ressaltar o quanto as atletas se tornaram mais próximas, para ajudar umas as outras com seus problemas pessoais e fazer com que isso virasse um resultado positivo dentro de quadra. É um documentário que mostra toda superação e o olhar coletivo pode construir e trazer muitos resultados positivos, como nossas meninas de ouro fizeram.

Mais em Handebol