Siga o OTD

Futebol

Com quase 30 mil na Arena, Timão bate o São Paulo e leva o paulista

Com quase 30 mil na Arena, Corinthians bate o São Paulo e leva o primeiro paulista de sua história

Corinthians vence o São Paulo e é campeão paulista de futebol feminino
Bruno Teixeira / Agência Corinthians

O Corinthians voltou a derrotar o São Paulo na final e conquistou o inédito título do Campeonato Paulista de futebol feminino. Jogando em casa, com a Arena Corinthians completamente tomada pela torcida alvinegra, o Timão enfiou 3 a 0 com gols de Victoria Albuquerque, Juliete e Milene.

Foram exatos 28.609 torcedores na Arena, maior público da história do futebol feminino brasileiro. O recorde anterior pertencia ao jogo entre Santos e Iranduba, na semifinal do Brasileiro de 2017, quando 25.317 pessoas foram à Arena Amazônia, em Manaus.

Arena Corinthians final contra o São Paulo Paulista de futebol feminino
Recorde de público em um jogo de futebol feminino no Brasil (Twitter/Corinthians)

Como já havia derrotado o São Paulo no jogo de ida, por 1 a 0 no estádio do Morumbi, o Corinthians precisava apenas do empate para conquistar o título. Apesar disso, logo aos cinco minutos as atuais campeãs da Libertadores e vice-campeãs brasileiras ampliaram a vantagem. Victoria Albuquerque recebeu um belo passe e tocou por cima da goleira Carla. Foi o 11º gol da meia, artilheira da competição.

O segundo saiu logo na volta do intervalo em um contra-ataque puxado por Giovanna Crivelari. Ela lançou Milene, que deixou para Juliete ampliar a vantagem na final.

Aos 35 minutos, Milene recebeu na área e bateu de primeira. A bola ainda deu uma leve desviada na zegueira Bruna antes de fazer explodir a Arena. A atacante disparou em festa, tirou a camisa e mandou para a massa alvinegra.

+ INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Donas da bola

O Corinthians foi o melhor time durante todo o Campeonato Paulista de futebol feminino. Na primeira fase, no Grupo 2, venceu os dez jogos que fez marcando 32 gols e sofrendo apenas cinco. Na etapa seguinte, tomou conta do Grupo 4 derrotando novamente todas as rivais, balançando as redes 22 vezes e sendo vazadas apenas uma vez.

Na semifinal enfrentou a Ferroviária, rival das finais do Brasileiro e da Libertadores neste ano. Não deu chances. Fez 4 a 0 fora de casa e matou na Fazendinha com 5 a 1.

O São Paulo, que venceu o Paulista de futebol feminino em 1997 e 1999, também fez por merecer o lugar na final, já que foi o melhor time no Grupo 1 somando seis vitórias e quatro empates. Na segunda, ficou atrás do Santos no Grupo 3, com três vitórias, dois empates e uma derrota, a única do time em toda a competição antes das finais.

São Paulo, vice-campeão paulista de futebol feminino
(Twitter/São Paulo)

O tricolor encarou o peixe na semifinal, vencendo o jogo de ida por 3 a 2 com o mando de campo e segurando o 2 a 2 na volta, em duas partidas disputadas no Pacaembu.

Mais em Futebol