Siga o OTD

Curiosidades olímpicas

Garoto misterioso é o mais jovem campeão olímpico da história

O mais jovem campeão olímpico da história tinha idade estimada entre sete e dez anos, mas sua identidade é desconhecida até hoje

O título de mais jovem campeão olímpico da história pertence a um misterioso garoto, que tinha no máximo dez anos e que fez parte da equipe de remo da Holanda medalha de ouro em Paris-1900. O mais curioso é que ele era francês e nunca tinha disputado antes na vida uma competição oficial, mas sua identidade e data de nascimento jamais foram confirmadas.

A história é bizarra e só foi possível de acontecer porque as regras da época eram muito menos rígidas do que as atuais. Os holandeses chegaram aos Jogos Olímpicos como favoritos à medalha de ouro, mas ficaram 8,6 s atrás dos franceses nas eliminatórias.

A razão era simples. A equipe da França usou como timoneiro um menino, o que fez com que a embarcação dos donos da casa ficasse muito mais leve do que a holandesa, que usou um adulto na função.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Antes da final, os holandeses deixaram de lado seu timoneiro e escolheram um garoto francês que estava no meio da multidão que assistia à competição. A criança era tão leve que precisou acrescentar um peso ao seu lado para que o barco afundasse o suficiente na água.

A mudança funcionou. A equipe holandesa ganhou a medalha de ouro e, como era tecnicamente um membro da equipe, o garoto também ganhou. Estima-se que ele tinha entre 7 e 10 anos de idade, o que o torna o mais jovem campeão olímpico da história de longe.

Apesar disso, sobrou apenas a fotografia, mostrando o menino com os dois holandeses, Françoise Brandt and Roelof Klein. Depois do registro, o garoto desapareceu na multidão e a identidade do mais jovem campeão olímpico da história se mantém desconhecida até hoje.

AS MAIS JOVENS CAMPEÃS OFICIALMENTE

mais jovem campeão olímpico da história: Donna de Varona
Donna de Varona tinha 13 anos e 129 dias em Roma-1960

Sem contar o misterioso garoto francês, que ganhou ouro pela Holanda, a mais jovem campeã olímpica da história é a americana Donna de Varona. Ela disputou as eliminatórias do revezamento 4 x 100 m livre na Olimpíada de Roma-1960 com 13 anos e 129 dias, mas foi substituída na final, vencida pelos Estados Unidos. Com não esteve na bateria decisiva, não subiu no pódio, mas depois acabou presenteada com a medalha.

+ CONHEÇA O BLOG CURIOSIDADES OLÍMPICAS

Se Donna de Varona se tornou a mais jovem campeã olímpica no revezamento, uma competição coletiva, a medalha de ouro com menor idade numa prova individual é Marjorie Gestrings. Ela tinha 13 anos e 268 dias, apenas 148 a mais do que a compatriota da natação, quando foi campeã do trampolim de 3 m dos saltos ornamentais nos Jogos Olímpicos de Berlim-1936.

Marjorie Gestring tinha 13 anos e 268 dias em Berlim-1936

Marjorie Gestring, no entanto, não teve como prosseguir em sua carreira olímpica, prejudicada pelo cancelamento dos Jogos Olímpicos de 1940 e 1944 por causa da Segunda Guerra Mundial. Aos 25 anos, tentou vaga para Londres-1948, mas não conseguiu a classificação ao terminar em quarto lugar na seletiva americana.

Já Donna de Varona teve mais sucesso. Nos Jogos Olímpicos de Tóquio-1964, aos 17 anos ela voltou com tudo e ganhou duas medalhas de ouro. Foi campeã no revezamento 4 x 100 m livre e também dos 400 m medley.

Mas a carreira olímpica dela como atleta também não foi mais longe do que isso. Depois de sua segunda participação nos Jogos, Donna de Varona decidiu partir para a carreira no jornalismo esportivo. Tornou-se uma referência, tendo participado da cobertura de 17 edições dos Jogos Olímpicos.

Mais em Curiosidades olímpicas