Siga o OTD

Basquete

Damiris viaja à Florida para disputa da temporada da WNBA

Brasileira do Minnesota Lynx já está no estado que sediará todos os jogos da temporada 2020 na liga profissional feminina dos Estados Unidos

Damiris WNBA
Damiris disputará a sua quinta temporada da WNBA (Reprodução/Instagram)

Assim como na NBA, os times da WNBA já começam a se mexer para o recomeço das atividades após adiamentos e paralisações por conta da pandemia do coronavírus. Visando a realização da temporada 2020, a brasileira Damiris Dantas, que defende o Minnesota Lynx, revelou em suas redes sociais que viajou para a Flórida, estado que sediará toda a temporada 2020 da liga feminina dos Estados Unidos .

De acordo com a proposta desenvolvida pela liga profissional de basquete feminino dos Estados Unidos em conjunto com a associação de jogadoras (WNBPA) e patrocinadores, cada equipe disputará 22 jogos durante a temporada regular, todos eles disputados no IMG Academy, em Bradenton.

A ideia dos organizadores do evento é de que a bola laranja suba pela primeira vez no final do mês de julho. No entanto, ainda não há uma data confirmada para o início dos jogos.

Sete casos confirmados

Enquanto ainda não há uma definição, a entidade informa que 137 jogadoras da liga passaram por exames de Covid-19 nos últimos dias e sete delas atestaram positivo para a doença.

+ Léo Meindl deixa o São Paulo e fecha com time da Espanha

O comunicado não revela os nomes das atletas ou as equipes que estas defendem. No entanto, a entidade garante que as jogadoras permanecerão isoladas e receberão o acompanhamento médico até poderem ser liberadas.

11 das 12 equipes participantes da temporada já estão na Flórida para dar início a pré-temporada. A única exceção é o Indiana Fever, que postergou a sua viagem para o final desta semana por conta de cuidados clínicos adicionais.

Entenda o formato

A expectativa da WNBA é de que cada equipe dispute 22 partidas na temporada regular (em condições normais, cada time joga 34 jogos).  Os oito primeiros colocados na classificação geral avançarão ao mata-mata, com o líder e o vice entrando nas semifinais, enquanto o terceiro e o quarto jogam a partir das “quartas de final”. Os outros quatro times classificados disputarão um primeiro jogo eliminatório. A fase final deve começar no meio de setembro e terminar em outubro, de acordo com a Associated Press.

Todas essas partidas serão disputadas no complexo da IMG Academy, em Bradenton, na Flórida, local que também será utilizado para os treinamentos das equipes. Além disso, todos os profissionais ligados a WNBA passarão por constantes testes de coronavírus durante a temporada.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Vale dizer ainda que os salários das atletas serão mantidos, caso elas não desistam de jogar. Isso porque qualquer jogadora pode se recusar a jogar, mas ficará sem o salário.  Caso algum médico declare uma jogadora com alto risco de contrair Covid-19, a atleta não será obrigada a jogar e receberá seu salário.

Será permitido que as jogadoras levem filhos e familiares que possam ajudar no cuidado às crianças. As com cinco ou mais anos na liga podem trazer um acompanhante para as instalações, mas teriam de pagar as despesas.

Mais em Basquete