Siga o OTD

Wrestling

Brasil ganha duas pratas e mais duas vagas para o Pan de Santiago

Eduard Soghomonyan e Kenedy Pedrosa faturaram a medalha de prata no Pan-Americano de wrestling e, de quebra, se classificaram para os Jogos Pan-Americanos

Duas pratas campeonato pan-americano de wrestling
Divulgação CBW

O Brasil começou com tudo no Pan-Americano de wrestling, que está sendo disputado em Acapulco, no México. Dos quatro lutadores que entraram em ação nesta quinta-feira, todos do estilo greco-romano, três chegaram à disputa de medalha. Eduard Soghomonyan e Kenedy Pedrosa conquistaram a prata, enquanto Igor Queiroz perdeu a decisão do bronze. De quebra, os vice-campeões garantiram mais duas vagas para os Jogos Pan-Americanos de Santiago-2023. 

Representante do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, Eduard Soghomonyan estreou no Pan-Americano de wrestling com uma vitória de 2 a 1 sobre o dominicano Leo Heredia nas quartas de final. Na sequência,  pela semifinal, ele fez 9 a 0 sobre Gino Dilbert, de Honduras, luta que deu a ele a classificação para a decisão e a vaga na categoria até 130 kg nos Jogos Pan-Americanos de Santiago-2023. Na disputa pela medalha de ouro, ele não conseguiu superar o cubano Oscar Pino Hinds, que venceu por 9 a 1. 

+Seleção terá dez estreantes no Pan-Americano do México

Assim como Eduard Soghomonyan, Kenedy Pedrosa precisou de duas vitórias para classificar o Brasil na categoria até 67 kg para os Jogos Pan-Americanos de Santiago-2023. Na estreia, ele bateu o chileno Cristobal Torres por 2 a 1 e, na semifinal, fez 4 a 1 em cima do dominicano Enyer Feliciano. Na final, encarou Julian Horta Azevedo, da Colômbia, mas foi derrotado por 5 a 0.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Diferente dos companheiros, Igor Queiroz entrou para a disputa do Pan-Americano com menos pressão, já que garantiu a vaga da categoria até 97 kg para Santiago-2023 no Pan da Juventude, ano passado, em Cáli. Na estreia, perdeu para o cubano Juan Ibanez na estreia por 3 a 1 e, como o algoz foi para a final, teve a chance de disputar o bronze, mas perdeu a chance de subir no pódio para Carlos Palmer, da República Dominicana, que o venceu por 7 a 3.

Quem não teve tanta sorte foi Marat Garipov, que perdeu na estreia para Randon Miranda, dos Estados Unidos, por 7 a 1, voltou na repescagem, mas levou de 4 a 1 de Emerson Ordoñez, da Guatemala, e foi eliminado.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Fundador e diretor de conteúdo do Olimpíada Todo Dia

Mais em Wrestling