Siga o OTD

Vôlei de Praia

Pedro e Vilsomar fazem final do Aberto em Saquarema

Pedro e Vilsomar, que defenderam o Brasil no Mundial sub-19, disputa título e vaga no próximo Top 8 da etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia

Circuito Brasileiro de vôlei de praia
(Gaspar Nóbrega/Inovafoto/CBV)

Mesmo no meio dos outros jogadores de vôlei de praia, Pedro chama atenção pelos 2m de altura. Ainda mais depois que você sabe que ele tem 17 anos. Neste sábado, ele terá a oportunidade de chamar ainda mais atenção. Ao lado de Vilsomar, de 1,86m e 20 anos, com quem disputou o Mundial sub-19 na Tailândia em dezembro, o sergipano vai disputar a final do Aberto na primeira etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 2022. Eles enfrentam Gui Pacheco/Gustavo às 11h50 na arena montada na Praia de Itaúna, valendo a medalha de ouro e também uma vaga no Top 8 na etapa de Itapema (SC), em abril.

-Rafael Pereira bate recorde sul-americano dos 60m com barreiras

Antes, às 11h, Helena/Lari e Dani/Kimberly duelam pelo título do torneio feminino e também por um lugar no próximo Top 8. As duas finais terão transmissão do SporTV, do Vôlei de Praia TV e da página da CBV no Facebook.

Além da definição dos finalistas do Aberto, a sexta-feira teve a disputa da fase de grupos do Top 8, com nomes como Talita/Rebecca, Josi/Carol Goerl, Arthur Mariano/Adrielson e Nico/Samuel.

A programação neste sábado começa às 8h45, com as quartas de final do Top 8, que ainda terá as semifinais disputadas de 16h às 19h30. As finais e disputas pelo terceiro lugar do Aberto acontecem a partir de 11h. A entrada é franca na arena na Praia de Itaúna.

O novo formato

Com um novo formato para a temporada 2022, o Circuito Brasileiro passa a ser dividido em duas competições por etapa. O Aberto reúne as duplas entre o 8º e o 13º lugar no ranking, além de dois convidados e até oito parcerias classificadas pelo qualifying. Já o Top 8 será disputado pelas sete duplas mais bem ranqueadas, além de um convidado especial: o campeão do Aberto anterior, que ganha o wild card como bônus pela performance. O convite é mais um estímulo para a renovação da modalidade, pois todas as duplas podem brigar por uma participação no Circuito Mundial.

A dupla vencedora de cada etapa Top 8 e seu técnico também terão um benefício. Eles vão receber da CBV o custeio de passagem, hospedagem, transporte e alimentação para disputar uma etapa do Circuito Mundial.

Tudo está interligado, com critérios claros para os atletas e para quem acompanha a modalidade. Para efeito de formação de ranking de entrada, serão levados em consideração os três melhores resultados das quatro últimas etapas (Top 8 ou Aberto), valorizando a performance recente dos atletas. No formato anterior, eram computados os quatro melhores resultados dos últimos cinco eventos entre as 10 competições anteriores realizadas. Todas as etapas somam pontos para o mesmo ranking, e o campeão da temporada 2022 será definido pela soma dos nove melhores resultados dos participantes.

Pedro chega à final na mesma semana de convocação

A decisão do Aberto não foi a única boa notícia para Pedro nessa semana. Ele foi um dos convocados para participar de um camp no Centro de Desenvolvimento de Voleibol, de 20 de fevereiro a 1º de março, que vai selecionar as duplas que representarão o Brasil nos Jogos Sul-Americanos da Juventude.

“Da primeira vez que fui convocado, eu fiquei sem acreditar. Claro que tinha o sonho, mas nunca imaginei um dia chegar na seleção brasileira e representar o meu país. E parece que toda vez que eu sou convocado é como se fosse a primeira, uma felicidade imensa”, afirmou Pedro.

Tanto para Pedro quanto para Vilsomar, o esporte é coisa de família. No caso de Pedrão, seu avô José Augusto foi goleiro de futebol, e ele ainda sonha dividir a quadra com o pai, Augusto, jogador de vôlei de praia, de 42 anos. Os pais do baiano Vilso se conheceram quando jogavam vôlei de quadra, e foi na escolinha da mãe, Silvia, que ele deu os primeiros passos na modalidade.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

“Quando a gente juntou a dupla, no meio do ano passado, foi difícil. Só que não desistimos, fomos evoluindo. A gente encaixou mesmo na etapa sub-21 de Itapema e jogamos bem no Mundial, foi uma experiência maravilhosa. Eu tinha pensado em parar, mas deu tudo certo, e estamos juntos até o fim”, comemorou Vilsomar sobre a vaga na final do Aberto.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Vôlei de Praia