Siga o OTD

Alison e Álvaro Filho vôlei de praia Circuito Mundial Cancún Hub

Vôlei de Praia

Alison e Álvaro Filho vencem clássico brasileiro e avançam direto às oitavas

Por 21/17 e 21/18, Alison e Álvaro Filho derrotaram André e George, que vão disputar a repescagem da segunda etapa do Cancún Hub de vôlei de praia

FIVB

Alison e Álvaro Filho vencem clássico brasileiro e avançam direto às oitavas

Com a eliminação de Pedro Solberg e Arthur Lanci no qualifying, apenas três duplas masculinas começaram a disputa da segunda das três etapas quatro estrelas do Cancún Hub pelo Circuito Mundial. Delas, apenas Álison e Álvaro Filho conseguiram avançar direto para as oitavas de final, enquanto André e George vão disputar a repescagem. Já Bruno Schmidt e Evandro foram eliminados na fase de grupos. No feminino, Ágatha/Duda, Talita/Taiana, Bárbara Seixas/Carol Solberg e Ana Patrícia/Rebecca estrearam com vitória.

O Grupo D do torneio masculino contou com a presença de duas duplas brasileiras e ambas venceram a estreia. Alison e Álvaro Filho passaram pelos suecos Ahman e Hellvig em três sets com parciais de 21/14, 15/21 e 15/13. Já André e George fizeram 27/25 e 21/11 nos holandeses Brouwer e Meeuwsen.

+RECEBA NOTÍCIAS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM OU PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

Com o resultado, as duas duplas se classificaram para a decisão da chave e quem vencesse passava direto para as oitavas de final, deixando a repescagem como rumo para quem perdesse. E no clássico brasileiro, Alison e Álvaro Filho levaram a melhor e venceram André e George com parciais de 21/17 e 21/18.

“Caímos em um grupo muito forte, com grandes jogadores, este já é o nosso melhor resultado até então na temporada internacional. Entre as duplas tinham quatro campeões mundiais, e ainda uma dupla jovem que já pegou pódio. Focamos em fazer o nosso melhor, o naipe masculino está muito forte, mas cumprimos o nosso primeiro objetivo que era passar em primeiro”, contou Alison.

Pelo Grupo H, Bruno Schmidt e Evandro perderam para os canadenses Saxton e O’Gorman por 21/19 e 21/17 e decidiram a sobrevivência no torneio contra os mexicanos Gaxiola e Rubio. A vitória os levaria para a repescagem, mas eles perderam por 21/16 e 21/13.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

No torneio feminino, 100% de aproveitamento para o Brasil. Pelo Grupo A, Ágatha e Duda, do Time Nissan, atropelaram as mexicanas Quintero e Torres por duplo 21/10 e vão decidir o primeiro lugar da chave neste sábado contra as checas Hermannova e Slukova.

“Quando a gente entra na quadra, não diferenciamos o nível dos times que vamos enfrentar. A preocupação é com o nosso lado e acho que o maior respeito que se pode demonstrar a um adversário é fazer o seu melhor. As mexicanas são jovens e jogam pouco o mundial, mas entramos para o jogo como entraríamos contra qualquer outro time. No Catar nós perdemos o primeiro jogo da chave, e aquela derrota fez nossa vida no torneio muito mais difícil. Apreendemos a lição e não queremos que isso aconteça novamente.”, disse Ágatha.

Pelo Grupo E, Talita e Taiana fizeram 21/5 e 21/17 nas francesas Placette e Richard, enquanto Bárbara Seixas e Carol Solberg bateram as holandesas Keizer e Meppelink por 24/22 e 21/10. As duas duplas brasileiras decidem neste sábado o primeiro lugar da chave. Quem perder, vai para a repescagem. Quem ganhar, avança direto às oitavas.

Pelo Grupo F, Ana Patrícia e Rebecca bateram as argentinas Gallay e Pereyra por 22/20 e 21/12 e vão decidir quem vai direto para as oitavas de final contra as russas Makroguzova e Kholomina.

Mais em Vôlei de Praia