Siga o OTD

Evandro e Bruno Schmidt vôlei de praia masculino Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Vôlei de Praia

Evandro e Bruno Schmidt buscam 1ª título no Brasileiro 2020/21

A dupla olímpica terá pela frente na final a parceria formada por André e George, campeões da etapa de abertura da competição

Evandro e Bruno Schmidt ainda não ganharam um título do Circuito Brasileiro 2020/21 (Ana Patrícia/Inovafoto/CBV)

Evandro e Bruno Schmidt buscam 1ª título no Brasileiro 2020/21

Classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem, Evandro e Bruno Schmidt estão na decisão da quarta etapa do Circuito Brasileiro 2020/21 de Vôlei de Praia e vão em busca do primeiro título da competição. Na final, que será neste domingo (29), às 10h50, a dupla olímpica terá pela frente a parceria formada por André e George, campeões da etapa de abertura do campeonato.

+ Ágatha e Duda chegam ao 2º título e abrem vantagem no ranking

As duplas finalistas da quarta etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia foram confirmadas depois de um sábado (28) com várias disputas. Durante o dia foram realizadas as partidas das oitavas, quartas de final e semifinais da competição, que mais uma vez está sendo disputada no CDV (Centro de Desenvolvimento de Voleibol), em Saquarema, no Rio de Janeiro.  

+ A ‘bolha’ do esporte brasileiro vai barrar o coronavírus?

A primeira semifinal reuniu as duplas Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e Renato/Adrielson (PB/PR). E a parceria classificada aos Jogos de Tóquio foi superior ao time composto pelo paraibano e o paranaense e venceu por 2 sets a 1, parciais de 21/15, 17/21 e 15/9. O carioca Evandro, que foi eleito o melhor do jogo por votação popular, comentou sobre a retomada dos eventos e o crescimento da equipe.

Primeira semifinal

“Depois de uma primeira etapa não muito boa, acabamos perdendo e ficamos em quinto, uma colocação que a gente não queria. Aí viemos crescendo, e, na segunda, já ficamos em segundo. Nós estamos vindo em uma crescente muito grande como time. Ficamos muito tempo parados, mas voltar a jogar está sendo muito gratificante para nós”, disse Evandro.

+ Carol Solberg finalmente é absolvida pelo tribunal da CBV

“Estamos em mais uma final, mas a gente sabe que ainda não terminou, tem o jogo de amanhã. Amanhã é outro dia, outro jogo. Aproveitar essa noite para estudar a dupla que a gente vai jogar amanhã e, se Deus quiser, sair com a vitória e com o ouro”, acrescentou o parceiro de Bruno Schmidt e um dos melhores sacadores do mundo no vôlei de praia.

Segunda semifinal

George e André eliminaram Alison e Álvaro na semifinal (Ana Patrícia/Inovafoto/CBV)

Com uma dupla já garantida na final, André/George (ES/PB) e a outra parceria olímpica Alison/Álvaro Filho (ES/PB) jogaram na briga pela segunda vaga na decisão. No duelo entre os vencedores da primeira etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia contra os ganhadores da segunda e da terceira, a vitória ficou com os campeões do evento de abertura. André e George triunfaram em sets diretos: 21/16 e 21/13.

George, selecionado o melhor em quadra na semifinal, acredita em uma decisão de alto nível. “Acho que a final tem tudo para ser um grande jogo. Temos jogado muito contra o Evandro e o Bruno. E acho que é isso que todo grande jogador espera, um jogo bom. A gente treina para isso, treina para enfrentar duplas grandes. Estou muito feliz para disputar essa final e vai ser um jogão”, disse George,

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Para George, parceiro de André, o saque como fundamental na vitória da semifinal diante da dupla olímpica Alison/Álvaro. “O saque fez a diferença total. A gente variou muito bem o meu viagem com o chapado do André. E o vento aqui está girando bastante, e a gente soube aproveitar melhor o vento, tanto na questão da saída de jogo quanto no sistema defensivo”, explicou George.

Mais em Vôlei de Praia