Siga o OTD

Vôlei de Praia

Ágatha/Duda e Evandro/Bruno vencem Etapa de Maceió

Ágatha/Duda e Evandro/Bruno conquistam na etapa de Maceió do circuito nacional os primeiros títulos do ano

agatha-e-duda-iniciam-ano-olimpico-com-ouro-na-etapa-de-maceio (1)
Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Duas das duplas que representarão o Brasil no vôlei de praia nos Jogos Olímpicos de Tóquio sagraram-se campeãs da Etapa do Circuito Brasileiro de Maceió (AL). Estreando no circuito em 2020, Ágatha/Duda (PR/SE) e Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) jogaram sob forte calor e tiveram muitas dificuldades e venceram apenas no set desempate.

Evandro e Bruno superam calor e lenda do esporte para vencer a 1ª do ano

A bela manhã de jogos em Maceió começou com a final masculina. Evandro/Bruno superaram Ricardo/Vitor Felipe (BA/PB) por 2 sets a 1 (22/20, 19/21, 17/15), em 1h20, diante de uma arena lotada na Praia da Pajuçara. Sob muito calor, conseguiram salvar dois match points para virar o jogo no set de desempate. Bruno destacou a qualidade dos adversários, principalmente do veterano campeão olímpico, que valorizaram o triunfo.

“O jogo foi muito mental por conta do calor. Desaceleramos muito e o jogo ficou muito lento, e o Ricardo gosta muito deste tipo de jogo. Então se tornou um duelo dificílimo. Independentemente da idade, Ricardo é o jogador mais habilidoso, ele é um cara especial, que se deixarmos gostar do jogo, fica tudo muito difícil. Eu saio feliz por termos nos saído bem em um jogo atípico, lento, quente, onde a gente não consegue se concentrar direito. Conseguimos superar tudo isso e sair com a vitória”, disse Bruno.

+INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Evandro e Bruno Schmidt fizeram grande campanha em Maceió, vencendo os seis jogos que disputaram para garantir o ouro. Este foi o terceiro título de etapa do Circuito Brasileiro para o time formado no começo de 2019. Apesar do bom resultado, por terem ficado de fora de duas etapas, a dupla está distante da briga pelo título geral, que soma os pontos de todas as sete paradas do Circuito.

Ágatha/Duda vencem dupla comandada pela mãe da sergipana e também estreia em 2020 com títulos

Na sequência, Ágatha/Duda entraram em quadra e tiveram muita dificuldade para vencer a dupla Tainá/Victoria (SE/MS) por 2 sets a 1 2 sets a 1 (23/21, 21/23, 15/12), em 1h02. A dupla olímpica poderia ter fechado o jogo em 2 sets, mas viram as adversárias salvarem quatro match points. Sem se abalar, seguiram bem no tie break, abriram vantagem no final e fecharam em 15 a 12. Ao lado do poste para tentar pegar uma sombra, Ágatha comentou o bom preparo físico do time, que contou com uma pré-temporada mais extensa, focando nos Jogos.

“A palavra que define esta partida é superação. Todas as duplas que jogaram hoje fizeram três partidas ontem, mas eu e a Duda estamos com uma preparação mais voltada para o meio do ano. Então, vencer esta primeira etapa que disputamos em 2020 tem um sabor muito especial. É o sabor da paciência, pois o corpo muitas vezes não vai responder o que a mente quer. Estamos muito felizes e agora é voltar para casa e descansar um pouco depois de enfrentar esse calor de Maceió (risos)”, disse a paranaense.

A campanha de Ágatha/Duda no primeiro compromisso oficial da dupla em 2020 contou com seis vitórias em seis jogos e apenas dois sets perdidos. Foi o sétimo título de etapa do Circuito Brasileiro da dupla, formada em janeiro de 2017. 

A partida foi diferente para Duda e sua mãe, Cida. Técnica da dupla Tainá e VIctoria, a ex-jogadora de vôlei de praia viu sua filha vencer as suas comandadas. Duda comentou como foi para ela enfrentar o time de sua mãe na final.

“É sempre difícil. Eu tenho sempre que me concentrar muito. Independentemente se é ou não o time da minha mãe, as meninas jogam pra caramba. Elas vêm em um início de temporada muito bom desde o ano passado. Mas eu tento foca no meu jogo e no da Ágatha. Mas não é fácil. Eu considero as duas como as minhas irmãs. Pelo menos já enfrentamos elas umas cinco ou seis vezes, então estou mais acostumada”, disse Duda.

Medalhas de bronze

A medalha de bronze da etapa de Maceió ficou com André Stein e George (ES/PB), que venceram o outro time brasileiro garantido em Tóquio, Alison e Álvaro Filho (ES/PB), por 2 sets a 1 (24/26, 21/12, 13/15), em 1h02. No feminino, quem levou a melhor foi Taiana e Fernanda Berti (CE/RJ). Elas venceram Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE) por 2 sets a 1 (16/21, 25/23 e 15/12).

A próxima etapa da temporada 2019/2020 acontece em Aracaju (SE), de 4 a 8 de março, na Atalaia. Será a penúltima parada do tour nacional, que termina em Arraial do Cabo (RJ), no início de abril.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Vôlei de Praia