Siga o OTD

Vôlei

Campeão olímpico Lucão brilha na vitória do Sesi sobre o JF Vôlei em Juiz de Fora

Campeão olímpico Lucão brilha na vitória do Sesi sobre o JF Vôlei em Juiz de Fora

O Sesi-SP esteve em Minas Gerais neste sábado (17.12) e se recuperou depois do resultado negativo na rodada passada, diante do Vôlei Brasil Kirin (SP), em Belém (PA). Desta vez, a equipe dirigida pelo técnico Marcos Pacheco enfrentou o JF Vôlei (MG), em Juiz de Fora (MG), casa do adversário, e venceu por 3 sets a 1 pela décima rodada do turno da Superliga masculina de vôlei 2016/2017. A equipe paulista fez 27/25, 25/15, 24/26 e 25/16, em 2h03 de partida.

Na boa vitória do Sesi-SP, o central Lucão brilhou. O campeão olímpico pontuou de diferentes maneiras e foi fundamental para a vitória do time paulista. A atuação chamou atenção dos torcedores, que votaram no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e deram, ao jogador, o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei.

“Foi uma boa tarde para o Sesi-SP, mas a nossa equipe está muito jovem desde que perdeu o Murilo e o Serginho, contundidos, e teve que se reconstruir de novo. Estamos sofrendo com alguns fundamentos, mas essa molecada que entrou tem um potencial muito grande e vai nos ajudar”, opinou Lucão, que ainda foi o maior pontuador do jogo, com 16 acertos.

Pelo lado do JF Vôlei, o oposto Renan, maior pontuador da Superliga, fez questão de elogiar os dois times. “Nós conseguimos fazer um jogo, mas a equipe deles é muito mais experiente que a nossa e mereceu a vitória. Agradecemos a torcida que compareceu e nos ajudou muito na partida de hoje”, concluiu Renan.

Na décima primeira e última rodada do turno da Superliga, o JF Vôlei irá ao Vale do Paraíba enfrentar o Funvic Taubaté (SP) na próxima quinta-feira (22.12), às 21h55, na partida que terá transmissão ao vivo da RedeTV. Já o Sesi-SP voltará para casa e receberá o Caramuru Vôlei/Castro (PR), um dia antes, na quarta (21.12), às 19h.

O JOGO

O Sesi-SP saiu na frente com o central Aracaju. O placar esteve equilibrado, com um de vantagem para o time paulista em 6/5. No bloqueio de Rômulo, o JF Vôlei deixou tudo igual em 6/6. O time da casa, então, colocou dois de vantagem em 10/8 e Marcos Pacheco pediu tempo. A diferença passou a ser de três em 16/13. A diferença diminuiu em 18/16 no ponto de bloqueio de Aracaju. No ace de Drago, que havia entrado para sacar, o JF Vôlei colocou quatro a frente (21/17). O Sesi-SP reagiu e reduziu a desvantagem e, com dois bloqueios seguidos e um ataque de Lucão, empatou em 22/22. O set seguiu equilibrado. Em boa passagem de Bruno pelo saque, o Sesi-SP fez 25/24 e Henrique Furtado parou o jogo. No final, o time paulista fechou em 27/25.

O JF Vôlei começou melhor na segunda parcial e logo abriu 4/1. O Sesi-SP buscou e, com dois pontos seguidos de Théo, deixou tudo igual (4/4). Na bola de segunda de Rodrigo, o time mineiro encostou no Sesi-SP em 6/7. No bloqueio de Douglas Souza, a equipe de São Paulo abriu dois: 8/7. Com dois pontos de saque de Lucão, 10/7. O JF Vôlei pediu tempo. Diferente do primeiro set, quando enfrentou dificuldades, o Sesi-SP teve tranquilidade neste segundo e colocou 10 de vantagem em 23/13. No final, com Alan, o time visitante fechou em 25/15.

O time da casa não desanimou e voltou melhor para a terceira parcial, quando abriu 8/6. Neste momento, Marcos Pacheco pediu tempo. Com Douglas Souza, o Sesi-SP encostou em 12/11 e no ponto de saque dele mesmo, 12/12. Com Renan pontuando bem, o JF Vôlei abriu dois (14/12) e no ace de Riad, que entrou no lugar de Aracaju, contundido, 14/14. O Sesi-SP passou a pontuar mais, mas, com dois erros consecutivos, o placar ficou igual novamente em 20/20. O time da casa ainda fez 21/20, forçando Pacheco a pedir tempo. O JF Vôlei fez 23/22 e, com Renan, fechou o terceiro set em 26/24.

O quarto set começou com ponto de saque de Riad. Ricardo pontuou e o JF Vôlei assumiu o comando do marcador: 3/2. No erro de saque do adversário, o Sesi-SP fez 5/5. Em boa passagem de Riad pelo saque, o time visitante chegou a 9/7. O Sesi-SP seguiu bem e quando chegou a 13/10, Henrique Furtado pediu tempo. Com Lucão, a equipe paulista marcou 18/14. No bloqueio simples de Alan, 20/14. E o Sesi-SP fechou o set em 25/16.

EQUIPES

JF VÔLEI – Rodrigo, Renan, Rômulo, Bruno Gonçalves, Ricardo e Ramé. Líbero – Juan Mendez
Entraram – Fábio Paes, Drago
Técnico: Henrique Furtado

SESI-SP – Bruno, Théo, Lucão, Leandro Aracaju, Douglas Souza e Fábio. Líbero – Pureza
Entraram – Vaccari, Alan, Rafa
Técnico: Marcos Pacheco

SUPERLIGA MASCULINA 2016/2017

Décima rodada do turno da Superliga

15.12 (QUI) – Lebes/Gedore/Canoas (RS) 3 x 1 Minas Tênis Clube (MG), às 21h55, no ginásio La Salle, em Canoas (RS) (25/22, 25/13, 16/25 e 25/19)
17.12 (SAB) – São Bernardo Vôlei (SP) 1 x 3 Vôlei Brasil Kirin (SP), às 11h, no Baetão, em São Bernardo do Campo (SP) (25/21, 13/25, 23/25 e 20/25)
17.12 (SAB) – JF Vôlei (MG) 1 x 3 Sesi-SP, às 13h30, no ginásio da UFJF, em Juiz de Fora (MG) (25/27, 15/25, 26/24 e 16/25)
17.12 (SAB) – Sada Cruzeiro (MG) x Funvic Taubaté (SP), ás 19h30, no Riacho, em Contagem (MG) – SPORTV
17.12 (SAB) – Bento Vôlei/Isabela (RS) x Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), às 20h, no Municipal, em Bento Gonçalves (RS)
18.12 (DOM) – Caramuru Vôlei/Castro (PR) x Montes Claros Vôlei (MG), às 11h, no Padre José Pagnacco, em Castro (PR) – SPORTV

Mais em Vôlei