Siga o OTD

Vôlei

Time de Rosamaria toma 3 a 0 em casa e cai na Champions League

Novara precisava apenas de dois sets, ou até de um dependendo do point average, mas foi derrotado pelo Dinamo Moscou e foi eliminado. Rodada definiu as oitavas de final e três brasileiras seguem atrás da principal taça da Europa

Novara Champions League de vôlei feminino Rosamaria Dinamo Moscou
(divulgação/CEV)

O Novara, time italiano da brasileira Rosamaria, entrou em quadra nesta terça-feira (15) precisando de apenas dois sets contra o Dinamo Moscou jogando em seu ginásio para avançar para as oitavas de final da Champions League de vôlei feminino. Talvez até um set fosse suficiente, dependendo do point average, mas elas acabaram tomando de 3 a 0 e foram eliminadas da principal competição europeia de vôlei. Rosamaria jogou pouco e marcou apenas um ponto.

O dia foi de definição das oito restantes na briga pela taça. Além do Dinamo Moscou, avançaram Rzeszow, Vakifbank, Fenerbahce e Conegliano como campeões das chaves, e Kalingrado, Dinamo Kazan e Monza como os três melhores segundos colocados. A partir da próxima fase o torneio passa a ser eliminatório e os confrontos das oitavas saem na sexta-feira (18).

Igual, mas diferente

Não foi só Rosamaria que acabou eliminada na última rodada precisando apenas de dois sets. O mesmo ocorreu com o polonês Chemik Police, de Naiane Rios, e o desfecho foi idêntico. Mas a missão era bem mais difícil, já que tinha de derrotar ninguém menos do que o poderoso Conegliano, equipe italiana atual vice campeã mundial de clubes e que tem a atacante Paola Egonu em suas fileiras. Pra complicar, o confronto foi na Itália. Placar final, 3 a 0 (25/19, 25/22 e 25/22) para as anfitriãs.

Turcas cabeça a cabeça

Se Rosamaria e Naine Rios estão fora, três brasileiras seguem na Champions League. As três entraram na rodada não apenas com a vaga, mas com o primeiro lugar garantido. O Vakifbank, clube turco de Gabi Guimarães, entrou ‘mais do que’ classificado contra o francês já eliminado Mulhouse. O confronto, então, foi apenas para cumprir tabela e Gabi nem foi para a quadra. Ainda assim, elas venceram por 3 a 0 em pouco mais de uma hora, parciais de 25/11, 25/18 e 25/21. Destaque para Meryem Boz e Michelle Bartsch-Hackley, com doze pontos cada, e Chiaka Ogbogu, com onze. Assim, o Vakifbank, atual campeão mundial de clubes, fecha como o melhor da fase de grupos com 18 pontos em seis jogos, ou seja, 100% de aproveitamento.

+ Jaqueline Mourão e Duda Ribera fecham juntas participação nos Jogos

O Fenerbahce, de Ana Cristina, também entrou em quadra classificado contra um adversário francês eliminado, o Beziers, de Maiara Basso. A equipe turca não teve problemas em vencer por 3 sets a 0, com parciais de 25/8, 25/17 e 25/19, e fechar a fase de grupos com seis vitórias. Uma delas, porém, foi por 3 a 2, então marcou um ponto a menos que o rival Vakifbank. Ana Cristina entrou como titular nas três parciais e marcou oito pontos, sendo seis no ataque e dois no saque. Maiara também integrou o sexteto principal e marcou um ponto de ataque. Arina Fedorovtseva foi o destaque com 17.

Bruna Honorio

A outra brasileira que entrou em quadra já classificada como primeira do grupo foi Bruna Honorio, do polonês Rzeszow. O time perdeu para o russo Kaliningrado, que ainda brigava por uma das três vagas dos segundos colocados. E conseguiu. Marcou 3 a 0, parciais de 28/26, 25/19 e 25/18, e avançou como o melhor dos três vices campeões de chave. Bruna Honorio entrou como titular nas duas primeiras parciais e, na terceira, começou no banco e depois foi para a partida. Acabou como a maior pontuadora do time, com 12, sendo 11 no ataque e o outro no bloqueio. Malwina Smarzek registrou 17 para o Kaliningrado.

Ana Tiemi e Gustavão

Se Gabi Guimarães, Ana Cristina Souza e Bruna Honorio começaram a rodada classificadas como campeãs de grupos, Ana Tiemi iniciou já eliminada com o pior time do Grupo E e sem vitórias. Nada mudou no último jogo e o húngaro Nyieregyhaza tomou mais um 3 a 0, parciais de 25/19, 25/21 e 25/17, para o sérvio Zok Ub. O Nyieregyhaza não ganhou nenhum set na competição. Ana Tiemi não jogou.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Por fim, na Champions League de vôlei masculino, somente um jogo nesta terça. O belga Maaseik, de Gustavão, perdeu para o polonês Projekt Varsóvia por 3 a 1 com 25/23, 22/25, 25/20 e 25/22. O jogo valia apenas para definir quem seria o pior do Grupo B, que ficou com o brasileiro. Somou apenas dois pontos em seis jogos, sendo que o rival foi a quatro no mesmo número de partidas. Gustavão também não jogou.

Jornalista com mais de 20 anos de profissão, mais da metade deles na área de esportes. Está no OTD desde 2019 e, por ele, já cobriu 'in loco' os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio, além dos Jogos Pan-Americanos de Lima e Santiago

Mais em Vôlei