Siga o OTD

Brasil x Rússia - Mundial Sub-18 feminino de vôlei

Vôlei

Brasil erra mais na reta final e é superado pela Rússia no Mundial Sub-18

Rússia conta com 22 pontos de Suvorova, erra menos no tie break e vence o Brasil por 3 sets a 2 no Mundial Sub-18 feminino de vôlei

FIVB

Brasil erra mais na reta final e é superado pela Rússia no Mundial Sub-18

Foi por pouco. Fechando a terceira rodada do Mundial Sub-18 feminino de vôlei, que acontece no México, o Brasil foi superado pela Rússia por 3 sets a 2, nesta quarta-feira (22). Em jogo marcado por altos e baixos dos dois lados, as brasileiras sofreram com os erros na reta final do tie break e perderam seu primeiro jogo na competição. O destaque da partida foi Natalia Suvorova, com 22 pontos. Pelo lado brasileiro, Nicole fez 19.

-Equipe feminina faz campanha histórica e brigará pelo bronze no Mundial

O jogo

A partida começou com as russas se saindo melhor. Com um bom aproveitamento de no saque e com o bloqueio incomodando as brasileiras, as russas abriram vantagem no marcador. Na sequência, as brasileiras conseguiram crescer no set e encostaram no placar. Na reta final, mais uma vez com bons saques e bloqueios, a seleção europeia abriu vantagem e teve o set point. 

Neste momento, a seleção brasileira encaixou uma boa série de ataques e contra-ataques e voltou a encostar, com 24 a 23. Contudo, com um ataque de Kapralova, a Rússia confirmou a vitória por 25 a 23. 

Na segunda parcial, o Brasil cresceu. Melhor em quase todos os fundamentos durante todo o tempo, a seleção brasileira não deu chances. Conseguindo abrir vantagem logo no começo, a vitória no set veio por 25 a 16 e o jogo foi empatado em 1 a 1. 

-Tabela do Mundial Sub-18 de vôlei feminino 2021

O bom momento seguiu para o terceiro set e o Brasil não deu chances para a Rússia. Sabendo controlar o ritmo, apostando em seu sistema defensivo e crescendo no saque e no bloqueio, a seleção brasileira esteve sempre na frente do placar e venceu por 25 a 19. 

Jogando sua vida na partida, a Rússia cresceu no quarto set. Indo para o tudo ou nada dutante quase todo momento, as russas assumiram o marcador logo nos primeiros pontos e não passaram a controlar o duelo. Desta forma, a equipe europeia não deu chances para o Brasil e venceu por 25 a 14, forçando o tie break.

No quinto set, ao som de “Brasil, Brasil” cantado pela torcida presente no ginásio, as brasileiras atuaram de maneira superior nos primeiros pontos e conseguiram abrir 6 a 3, forçando o pedido de tempo. No retorno para a quadra, a seleção brasileira se manteve com a vantagem de três pontos ao conseguir um bloqueio.

Entretanto, com uma série de erros de ataque do lado verde e amarelo, a Rússia conseguiu a igualdade em 8 a 8 e o jogo parou. No retorno para o set, as russas chegaram a abrir um ponto, mas o Brasil voltou a pontuar após uma disputa na rede, deixando o marcador em 9 a 9 . Na reta final, a seleção russa errou menos, abriu uma margem e saiu com a vitória por 15 a XX, fechando o duelo em 3 sets a 2.

A história e o Brasil em 2021

A edição de 2021 é a décima sétima do Mundial sub-18 feminino, que acontece desde 1989. Ao longo da história da competição o Brasil tem 10 medalhas (três ouros, quatro pratas e três bronzes). Pelo regulamento, as 20 equipes participantes foram divididas em quatro grupos com cinco times cada, que jogam entre si. Os quatro primeiros de cada grupo avançam para as oitavas de final, e a disputa segue em sistema de eliminatória simples até a decisão.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

O Brasil viaja para o México com as levantadoras Heloise Soares e Fernanda Depine; as opostas Larissa Mendes e Luiza Vicente; as centrais Juliana Gandra, Rebeca Camille e Luzia Nezzo; as ponteiras Nicole de Oliveira, Kauany Kyukawa, Isabella Rocha e Aline Segato; e a líbero Sophia Dantas.

Mais em Vôlei