Siga o OTD

Brasil x Eslovênia - Liga das Nações

Vôlei

Em jogo de altos e baixos, Brasil cresce no fim e vence a Eslovênia por 3 a 2

Crescendo no momento certo, a seleção brasileira superou a Eslovênia por 3 sets a 2

FIVB

Em jogo de altos e baixos, Brasil cresce no fim e vence a Eslovênia por 3 a 2

Foi no sufoco. Sofrendo com altos e baixos durante o jogo todo, o Brasil venceu a Eslovênia por 3 sets a 2, nesta terça-feira (15), na Liga das Nações. Com Wallace, com 18 pontos, e Leal, com 17, a seleção brasileira cresceu no momento certo e saiu com mais uma vitória.

O jogo

O começo de jogo não foi bom para o Brasil. Errando mais do que o esperado, a seleção brasileira acabou ficando para trás do placar e o jogo parou com a Eslovênia vencendo por 13 a 8. Na volta para a quadra, a vantagem da seleção eslovena seguiu e a primeira parcial terminou em 25 a 15. 

No segundo set o Brasil voltou outro. Conseguindo manter a virada de bola, a seleção brasileira disputou ponto a ponto e, após uma longa discussão durante um ponto, assumiu o placar após dois ataques de Douglas Souza, com 8 a 7. Em seguida, os brasileiros cresceram. Sendo ainda mais agressivo, principalmente com Leal, o time verde e amarelo assumiu o placar e abriu 16 a 13. 

-Tabela da Liga das Nações de vôlei masculino 2021

A Eslovênia tentou uma reação e chegou a ter a chance do empate, já na reta final, mas Wallace e Douglas Souza foram decisivos e a seleção brasileira se manteve na frente do placar, fechando a parcial em 25 a 22 e empatando o duelo em 1 a 1. 

O terceiro set começou com os eslovenos ditando o ritmo. Aproveitando os erros brasileiros, os contra-ataques e conseguindo complicar o jogo do Brasil com os saques, a Eslovênia abriu 8 a 3 no marcador. Em seguida, os eslovenos seguiram atuando de maneira superior e, mesmo com uma reação brasileira na reta final, fecharam em 25 a 19. 

O Brasil foi para o tudo ou nada no quarto set e conseguiu se impor. Depois de um começo equilibrado, a seleção brasileira conseguiu abrir a diferença no placar com 13 a 10. Na sequência da partida, a seleção brasileira seguiu superior e abriu mais vantagem, fechando em 25 a 13.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Tie break

No set desempate, diferente das parciais anteriores, Brasil e Eslovênia fizeram uma parcial equilibrada. Trocando pontos a maior parte do tempo, brasileiros e eslovenos mantiveram o marcador igual até o 10 a 10. Na reta final, mesmo com o ritmo do jogo sendo o mesmo, Lucarelli conseguiu um ace e a seleção brasileira passou a jogar em vantagem, com 13 a 12. No momento de definição, o bloqueio cresceu e os eslovenos erram. Com isso, os brasileiros fecharam em 15 a 12 e confirmaram a vitória em 3 sets a 2.

Mais em Vôlei