Siga o OTD

Brasil x Japão Liga das Nações de vôlei feminino

Vôlei

Com atuação sólida, Brasil bate o Japão e volta a vencer na Liga das Nações

Brasil segura reação japonesa no terceiro set e vence a terceira de quatro partidas até aqui na Liga das Nações

(Divulgação/FIVB)

Com atuação sólida, Brasil bate o Japão e volta a vencer na Liga das Nações

Abrindo a segunda semana da Liga das Nações feminina, o Brasil voltou à quadra para reencontrar a vitória, depois de ser derrotado pelos Estados Unidos no último jogo da competição. Mas nesta segunda-feira (31), na bolha de Rimini, na Itália, a seleção fez a lição de casa e, com atuação bastante sólida, impôs a primeira derrota ao Japão no torneio, vencendo por 3 sets a 0 (25/15, 25/19 e 25/21).

Fê Garay foi novamente destaque do Brasil, sendo a maior pontuadora do jogo com 19 pontos. Logo atrás ficou Tandara com 12, outra peça fundamental do time. Além delas, Rosamaria fez sua estreia competição, depois de ter sido poupada por ter sentido as costas na semana passada. Ela entrou no final do jogo e ajudou a seleção com três pontos.

Assim, o Brasil soma três vitórias em quatro jogos até aqui na Liga das Nações, superando Canadá, República Dominicana e agora o Japão. Vale lembrar que as japonesas não só estavam invictas, como não haviam perdido nenhum set até o confronto com as brasileiras.

-Tabela da Liga das Nações de vôlei feminino 2021

Este foi o 29º confronto entre Brasil e Japão em competições oficiais da FIVB e a 26ª vitória da seleção verde e amarela, mantendo a ampla vantagem. Vale lembrar que as duas nações estão também no mesmo grupo nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Agora, depois do Japão, a seleção brasileira encara, nesta segunda semana da Liga das Nações feminina, a Rússia e a Itália. Os duelos acontecem nesta terça e quarta-feira, respectivamente, ambos às 16h (de Brasília). E você acompanha ao vivo no Olimpíada Todo Dia.

O jogo

Jóse Roberto Guimarães começou o jogo com Carol Gattaz, Macris, Gabi, Tandara, Carol, Fê Garay e Camila Brait. O Brasil entrou bem em quadra, com atuação firme e boa distribuição de bola. Com o bloqueio encaixado, a seleção aproveitou muito bem os contra-ataques para começar a construir a vantagem. As brasileiras mantinham o ritmo forte e as japonesas não conseguiam reagir e tirar a diferença no marcador. Com isso, o time do Brasil encaminhou a vitória e fechou a parcial contra o Japão, que não havia perdido nenhum set até então na competição. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, TWITTER, INSTAGRAM E FACEBOOK

As japonesas voltaram melhor para a segunda parcial, tentando imprimir ritmo mais forte para reagir no jogo. O Brasil, no entanto, seguia muito bem encaixado em quadra, com a defesa e o bloqueio muito sólidos. Assim, a seleção logo barrou o ímpeto das adversárias e voltou a construir vantagem no marcador. Com Fê Garay voando no ataque, assim como nos jogos anteriores, as brasileiras mantinham o ritmo e não deixavam o Japão colar no placar, mesmo quando o time adversário esboçava reação.

O terceiro set começou bem mais equilibrado, com as japonesas subindo de produção e pressionando o Brasil. A seleção de Zé Roberto não conseguia abrir vantagem e esteve por diversar vezes atrás no placar, precisando buscar o empate. A equipe brasileira, no entanto, seguia bem em quadra e, na metade da parcial, conseguiu, enfim, passar a frente e construir uma vantagem mais confortável. Rosamaria, poupada na semana passada após sentir as costas, estreou na Liga das Nações ajudando o Brasil a encaminhar a vitória no terceiro set. O Japão ainda salvou um match point, mas no segundo, Fê Garay botou no chão para decretar o triunfo.

Veja os melhores momentos do jogo:

Reveja: Brasil e Japão pela Liga das Nações de vôlei feminino

Mais em Vôlei