Siga o OTD

Osasco x Curitiba Superliga de vôlei feminino

Vôlei

Paredão faz diferença e Osasco sai na frente do Curitiba nos playoffs

Num jogo tão disputado, Osasco marcou 19 pontos de bloqueio contra 12 do Curitiba e saiu de quadra com a apertada vitória por 3 a 2

(Divulgação/Osasco São Cristóvão Saúde)

Paredão faz diferença e Osasco sai na frente do Curitiba nos playoffs

Curitiba fez o possível para atrapalhar os planos de Osasco, mas com grande atuação das centrais Mayany e Bia, que montaram um paredão no bloqueio, fundamento que foi fundamental para fechar o jogo em 3 a 1 com parciais de 28/26, 25/18, 23/25, 24/26 e 15/13 no primeiro duelo pelos playoffs das quartas de final da Superliga feminina.

Diante de um Curitiba que lutou demais e conseguiu levar o jogo para o tie-break, os pontos de bloqueio fizeram a diferença para que Osasco saísse do José Liberatti com a vitória. Foram 19 da equipe paulista contra 12 da paranaense.

Nesse fundamento, Bia, com sete pontos, e Mayany, com seis, brilharam demais, junto com Mari Brito, do Curitiba, que também marcou sete de bloqueio.

Ao todo, Tandara foi a maior pontuadora com 24 pontos, seguida por Tainara (20), Mayany (16) e Bia (16). Pelo Curitiba, Ivna fez 19 e Milena terminou o jogo com 18.

As duas equipes voltariam a jogar só na terça-feira, mas a partida foi antecipada para domingo porque Curitiba já está proibida de receber eventos esportivos e o estado de São Paulo vai passar pela mesma restrição a partida de segunda-feira.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Portanto, os dois jogos do confronto serão em Osasco e, caso o Curitiba vença no domingo, o terceiro duelo dos playoffs será disputado no Centro de Desenvolvimento de Vôlei, da CBV, em Saquarema, no Rio de Janeiro.

Na partida desta sexta-feira, o Curitiba jogou muito bem o primeiro set, liderando boa parte da parcial. Osasco só conseguiu a virada nos momentos decisivos para fechar em 28/26.

No segundo set, Osasco teve um começo de segundo set arrasador e abriu 6 a 0. Depois disso, as duas equipes trocaram pontos até o final, mas a equipe paulista, pela vantagem que tinha aberto no comecinho, conseguiu fechar sem grandes problemas em 25 a 18.

Para decidir o jogo, Osasco teve dificuldades no terceiro set. O jogo voltou a ser equilibrado como na primeira parcial. O time dirigido pelo técnico Luizomar de Moura só respirou um pouco quando abriu 23 a 20.

Mas o Curitiba não desistiu e continuou lutando, tanto que conseguiu reagir, marcou cinco pontos seguidos e conseguiu uma virada incrível para fechar em 25 a 23.

O quarto set foi marcado também pelo equilíbrio. Outra vez, quando se aproximava os momentos decisivos do set, Osasco conseguiu abrir três pontos ao fazer 19 a 16.

Assim como no set anterior, Osasco chegou a 23 a 20 e a história se repetiu com Curitiba virando o jogo, chegando a 24 a 23 para depois fechar em 26 a 24 em mais uma virada heróica.

O tie-break foi novamente extremamente disputado e nada de alguém abrir vantagem até o empate em 13 a 13. O primeiro match point foi do Osasco quando Tandara explorou o bloqueio adversário e a vitória veio no lance seguinte com um toque na rede do Curitiba para fechar em 15/13.

Veja como foi: Osasco x Curitiba pela Superliga de vôlei feminino

Mais em Vôlei