Siga o OTD

polina sesi bauru x osasco superliga 2021

Vôlei

Gringas brilham, Bauru bate Osasco, passa o Praia e assume o terceiro lugar

Polina Rahimova e Dobriana Rabadizeva foram os grandes nomes da vitória, de virada, do Sesi Bauru sobre o Osasco pela Superliga feminina

Marcelo Ferrazoli/Sesi-SP

Gringas brilham, Bauru bate Osasco, passa o Praia e assume o terceiro lugar

A uzbeque Polina Rahimova e búlgara Dobriana Rabadizeva fizeram a diferença e o Sesi Bauru acabou com o embalo de Osasco, que garantiu no fim de semana a vice-liderança da primeira fase com dois jogos de antecedência, e venceu por 3 a 1 com parciais de 23/25, 25/18, 25/22 e 25/15 no ginásio Panela de Pressão, na cidade do interior paulista.

Com o resultado, o Sesi Bauru chegou a 46 pontos e ultrapassou o Praia Clube para assumir a terceira colocação. O time mineiro, que tem um jogo a menos, pode retomar o lugar se vencer nesta quarta-feira o Curitiba. Mas a briga vai seguir até a última rodada, quando as paulistas pegam o lanterna São Caetano e as mineiras têm um jogo duro contra o Sesc RJ Flamengo.

Polina Rahimova, que marcou 21 pontos, 14 de ataque, cinco de bloqueio e dois de saque, foi eleita e melhor do jogo e ganhou o Troféu Viva Vôlei. Dobriana Rabadzieva fez 15 pontos e Adenízia marcou 11. Do lado de Osasco, Tandara foi a maior pontuadora com 14.

“Fiquei feliz porque o time jogou bem, e é muito importante principalmente nesse momento, quando estamos perto do playoff. Hoje conseguimos mostrar uma força diante de uma forte equipe como Osasco”, disse Rahimova.

Pelo Osasco, a oposta Tandara lamentou a atuação abaixo do comum do seu time. “Nosso time teve um nível de erros altíssimo hoje e sabemos que isso não pode acontecer. Infelizmente perdemos a paciência e não soubemos jogar. Mas, agora é cabeça boa, paciência, trabalho e fazer diferente no próximo jogo”, disse Tandara.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

O primeiro set foi dominado por Osasco. Apesar de ter terminado com vantagem mínima, a equipe da Grande São Paulo liderou do começo ao fim e fechou em 25 a 23.

No segundo set, as gringas do Sesi Bauru começaram a fazer diferença e levaram a equipe a tomar o controle do jogo e a fechar com autoridade em 25/18.

O set mais equilibrado foi o terceiro. Os dois times disputaram ponto a ponto a liderança do placar desde o começo. O Sesi Bauru conseguiu abrir vantagem no momento chave, quando fez 24 a 22.

Mas, na hora de fechar o set, a chuva atrapalhou. A partida ficou dez minutos parada por causa de goteiras no ginásio Panela de Pressão. Na volta, o Sesi Bauru manteve a concentração e fechou em 25 a 22.

No quarto set, Adenízia pediu licença a Polina Rahimova e Dobriana Rabadizeva e foi o destaque, especialmente no bloqueio, e foi fundamental para que a equipe, apesar de algumas interrupções por causa das goteiras, chegar à vitória por 25 a 15.

Mais em Vôlei