Siga o OTD

cruzeiro x minas semifinal da copa brasil de vôlei masculino

Vôlei

Cruzeiro é superior ao Minas desde o início e está na final da Copa Brasil

Dominante desde o início, time celeste superou o Minas por 3 sets a 0 e se garantiu na final

William Lucas/Inovafoto/CBV

Cruzeiro é superior ao Minas desde o início e está na final da Copa Brasil

Fechando o dia de semifinais da Copa Brasil de vôlei masculino, o Sada Cruzeiro superou o Minas por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/18 e 25/23, nesta quinta-feira (12). Com o resultado, o time mineiro se garantiu na decisão, que acontece nesta sexta-feira (13), contra o Taubaté.

O jogo

Como era de se esperar, a igualdade marcou o começo da semifinal. Com os dois times mantendo a virada de bola, Minas e Cruzeiro seguiram na batalha de pontos até a metade da parcial. Neste momento, por conta de erros da equipe de Belo Horizonte, o time celeste fez 15 a 12. Na sequência, com Lazo e aproveitando as oportunidades, a equipe comandada por Nery Tambeiro encostou e deixou o marcador em 16 a 15. 

+ Tabela da Superliga de vôlei masculino 2020/2021

Entretanto, na reta final, o Cruzeiro voltou a ser superior, conseguiu um ponto de bloqueio, aumentou sua vantagem no placar e fechou a parcial com um ataque pelo fundo meio de Facundo Conte, fazendo 25 a 19. 

Na segunda parcial, a história mudou. Embalado com a vitória no set de abertura e aproveitando de erros do adversário, o Cruzeiro abriu 4 a 1 no marcador e o jogo parou. Na volta, o Minas cresceu. Com uma sequência boa de saques de Honorato e Gustavão, o time de Belo Horizonte fez 9 a 6 no placar e o pedido de tempo foi celeste. 

Na volta, aos poucos,o Cruzeiro foi voltando ao jogo e, aproveitando uma sequência de erros do Minas, fez 17 a 14. Na reta final, o time celeste cresceu ainda mais, aumentou a distância no marcador e fechou em um erro de saque em 25 a 18.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Na terceira parcial, o Cruzeiro assumiu a liderança do placar logo no começo. Com a desvantagem no placar, o Minas foi para o tudo ou nada e equilibrou as ações. Melhor no ataque e com um pouco mais de volume, em relação aos sets anteriores, a igualdade veio na reta final dos pontos.

Contudo, com um ponto de saque, o Cruzeiro voltou a abrir a vantagem necessária para vencer e fechou o duelo em um ataque de Facundo Conte, fazendo 25 a 23.

<div class="arena-liveblog" data-publisher="otd" data-event="r2lz" data-version="2"></div><script async src="https://go.arena.im/public/js/arenalib.js?p=otd&e=r2lz"></script>

Mais em Vôlei