Siga o OTD

Curitiba Superliga feminina covid Copa Brasil feminina

Vôlei

Com 5 casos de Covid, Curitiba tem jogo adiado na Superliga

Quatro atletas e o técnico Pedro Moska testam positivo; partida contra Minas é adiada e presença na Copa Brasil colocada em dúvida

Ivna e o técnico Pedro Moska estão entre os infectados do elenco (Instagram/cbvolei)

Com 5 casos de Covid, Curitiba tem jogo adiado na Superliga

O confronto entre Minas e Curitiba, que seria válido pela 14ª rodada da Superliga feminina de vôlei, que aconteceria nesta sexta-feira (15), foi adiado por conta de casos de Covid-19 no clube da capital paranaense. A nova data do confronto será no dia 16 de fevereiro. Com isso, a participação na Copa Brasil se torna uma incógnita.

Após ter divulgado o resultado positivo para três jogadoras na última segunda-feira (a oposta Ivna, a ponteira Pietra e a líbero Ju Perdigão), pouco antes da derrota para o Sesi Bauru e perdeu por 3 sets a 0, mais dois casos foram confirmados no decorrer da semana: o técnico Pedro Moska e a central Mari Aquino.

+ Confira a tabela da Superliga feminina de vôlei 2020/2021

Além disso, a participação do clube na Copa Brasil se torna uma incógnita, já que a estreia, diante do Osasco, está marcada para a próxima terça-feira (19).

Um caso parecido ocorreu pouco antes da disputa da torneio masculino. A equipe de Guarulhos precisou desistir da competição e acabou substituída pelo América. Até o momento, a CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) não se pronunciou sobre uma possível mudança na tabela do feminino.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

O Curitiba é o atual sétimo colocado da Superliga feminina, com 17 pontos conquistados. Até agora, a campanha apresenta cinco vitórias e oito derrotas.

Mais em Vôlei