Siga o OTD

Sada Cruzeiro enfrenta Itapetininga pela Superliga

Vôlei

Sada Cruzeiro rechaça abrir mão da Superliga Masculina

Antes da paralisação por prevenção ao COVID-19, o time mineiro ocupava a vice-liderança do campeonato, com 53 pontos.

Diretoria do Sada Cruzeiro dispensou os atletas enquanto a Superliga estiver suspensa (Foto: Agência7/ Sada Cruzeiro)

Sada Cruzeiro rechaça abrir mão da Superliga Masculina

Hexacampeão da Superliga de Vôlei, o Sada Cruzeiro disputaria no último sábado (14) sua última partida da fase de classificação da edição de 2019/10 da competição diante do Ponta Grossa Vôlei. Vice-líder, com 53 pontos, o clube mineiro está na briga pela primeira colocação com o SEM Taubaté Funvic, com 54. Com o cancelamento da rodada final e a interrupção do campeonato por 15 dias, a equipe comandada pelo técnico Marcelo Mendez decidiu suspender as atividades, porém, rechaça a possibilidade de abrir mão do principal torneio nacional.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

De acordo com a assessoria de imprensa do clube, “os atletas foram liberados das atividades, pois não há previsão de treinos e jogos. Caso haja alguma novidade, os mesmos serão chamados de volta. O time não abriu mão da Superliga. Se a competição voltar aos jogos daqui a 15 dias, a equipe estará jogando”.

O Sada Cruzeiro também suspendeu temporariamente as atividades das categorias de base. Em seu site oficial, o clube revela que adotou essas medidas com a finalidade de proteger seus profissionais do coronavírus (COVID-19). Além de paralisar os trabalhos, a equipe celeste também tem orientado seus jogadores e demais membros da agremiação sobre as ações adequadas para a precaução.

O último jogo do Sada Cruzeiro na Superliga foi contra o EMS Taubaté Funvic, no ginásio do Riacho, em Contagem, Minas Gerais. Mesmo atuando diante de sua torcida, a equipe celeste foi derrotada por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 26/24 e 25/22.

Mais em Vôlei