Siga o OTD

Vôlei

Polônia impõe segunda derrota ao Brasil na Liga das Nações

Polônia bate Brasil por 3 a 2 na Liga das Nações e time brasileiro já tem dois revezes em cinco jogos

FIVB

O Brasil perdeu para a Polônia por 3 sets a 2 nesta quarta-feira (29) pela quinta rodada da Liga das Nações de vôlei feminino. O duelo foi disputado no Ominisport, em Apeldoorn, na Holanda. As parciais foram de 25/20, 25/22, 26/28, 18/25 e 15/9.

Foi a segunda derrota do Brasil na Liga das Nações. A primeira foi na segunda rodada por 3 sets a 1 para a República Dominicana em partida realizada no dia 23 de maio, em Brasília, uma das cidades onde foram realizadas as três primeiras rodadas do torneio. Na Holanda, o Brasil começou vencendo as anfitriãs na terça (28) por 3 a 2.

+CONFIRA A TABELA DA LIGA DAS NAÇÕES FEMININA

No jogo desta quarta contra as polonesas, o time de Zé Roberto Guimarães teve dificuldades para pontuar no ataque, especiamente nos dois primeiros sets. Ao final, a seleção europeia conseguiu 49 pontos no quesito contra 43 do Brasil. Vantagem que compensou os sete pontos a mais recebidos pelas brasileiras em erros adversários.

Smarzek, sozinha, marcou 27 pontos para a Polônia e foi a líder no quesito. Gabi marcou 15 para o Brasil.

O primeiro set foi bem equilibrado, com as equipes se alternando no comando do placar. No fim, porém, a Polônia cresceu e abriu 23 a 17 em sete pontos consecutivos. O Brasil ensaiou uma reação, descontou dois, mas acabou derrotado. O destaque negativo do Brasil no primeiro set foi o ataque, que marcou parcos três pontos.


A segunda parcial foi bem parecida. A seleção brasileira com dificuldades para colocar a bola no chão e a Polônia crescendo na hora certa. Os times foram trocando pontos até as polonesas fazerem 20 a 17. O Brasil ainda reagiu, colou no 21 a 20, mas as europeias conseguiram se manter à frente e, em um erro de ataque de Gabi, fizeram 2 a 0.

Ao contrário dos dois primeiros, no terceiro set a Polônia abriu logo no início. Fizeram 5 a 0. Mas o Brasil reagiu e em um bom saque de Roberta o jogo ficou 10 a 10.

No 18 a 18 houve um desafio decisivo de Zé Roberto após um ataque de Paula. A arbitragem deu bola fora, mas o treinador brasileiro chamou o vídeo, que confirmou bola dentro. A seguir a mesma Paula colocou mais uma na quadra adversária e o Brasil abriu os dois pontos.

O fim da parcial foi dramático. A seleção brasileira teve três set points, no 24 a 21, e não aproveitou nenhum. A Polônia também teve uma chance de fechar, o jogo no caso delas, mas jogaram para fora um contra-ataque na mão. Até que no 27 a 26, após uma confusão com a arbitragem, Gabi aproveitou um segundo contra-ataque e manteve o Brasil no jogo ao fechar o set em 28 a 26.


Ao contrário do que era esperado, o Brasil entrou morno no quarto set e saiu tomando 5 a 1 logo de cara. A reação veio e o empate chegou no 9 a 9. Na reta final do set, o time de Zé Roberto cresceu e em uma boa sequência de Gabi virou no 16 a 15, abriu no 22 a 17 e empatou o jogo no 25 a 18.

No tie break a Polônia voltou a começar forte e abriu 6 a 1 logo no início. Set mais curto, pouco tempo para reação e não deu para o Brasil se recuperar. Final, 15 a 9.

O Brasil volta à quadra nesta sexta (30) pela sexta rodada da competição para enfrentar a Bulgária, que perdeu os quatro primeiros jogos. As búlgaras ainda enfrentariam a Holanda nesta quarta.

+ Liga das Nações masculina de 2019 começa esta semana

Liga das Nações de vôle feminino

Depois da Holanda, as brasileiras terão como sede a cidade de Lincoln, nos Estados Unidos. Entre os dias 4 e 6 de junho, o Brasil duelará contra Alemanha, Coréia do Sul e Estados Unidos.

Na quarta semana entre 11 e 13 de junho, o time do treinador José Roberto Guimarães estará em Tóquio, no Japão, e terá pela frente as donas da casa, Tailândia e Sérvia. A quinta e última semana da fase classificatória acontecerá entre os dias 18 e 20 de junho em Ancara, na Turquia, e o Brasil medirá forças com Turquia, Itália e Bélgica.

A fase final reunirá a China, país sede, e as cinco seleções mais bem classificadas ao final da fase classificatória. Será em Nanquim entre os dias 3 e 7 de julho.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Vôlei