Siga o OTD

Vela

Robert Scheidt e Henry Boening ficam com o bronze na Star Sailors League


Robert Scheidt e Henry Boening, o Maguila, terminaram em terceiro lugar na Star Sailors League, que foi encerrada neste sábado em Nassau, nas Bahamas. A competição marcou a volta de Scheidt à classe Star, depois de competir durante todo o ciclo olímpico na Laser.

“Esta foi uma competição fantástica, muito competitiva em excelentes condições de clima. Tentamos o nosso melhor, mas somos uma equipe que acabou de se reunir e, embora tenhamos mostrado que somos muito capazes de vencer, cometemos um erro no último portão de sotavento e que nos custou uma melhor colocação”, lamentou Robert Scheidt.

Robert Scheidt e Henry Boening ficaram em terceiro lugar na classificação geral depois de 11 regatas disputadas até sexta

Robert Scheidt garantiu a medalha de bronze em sua volta à classe Star depois de 2 anos fora

Depois das 11 regatas de classificação, Robert Scheidt e Henry Boening garantiram vaga para as quartas-de-final com o terceiro lugar no geral. As outras duas duplas brasileiras que participaram da competição não conseguiram ficar entre as dez melhores para passar de fase. Torben Grael e Guilherme de Almeida ficaram em 18o. e Jorge Zarif e Bruno Prada terminaram em 21o..

Classificados para a fase final da Star Sailors League, Robert Scheidt e Henry Boening foram para a água dispostos a conquistar uma medalha. A dupla brasileira passou pelas quartas-de-final e pela semifinal para chegar à regata final contra mais três barcos.

A dupla brasileira saiu na frente na regata final, mas cometeu um erro que acabou a tirando da briga pelo ouro

Dupla brasileira saiu na frente na  final, mas erro que acabou a tirando da briga pelo ouro

Na decisão, os brasileiros saíram na frente e lideraram boa parte da disputa, mas acabaram sendo ultrapassados pelos americanos Mark Mendelblatt e Brian Fatih, que venceram a Star Sailors League, e também pelos franceses Xavier Rohart e Pierre-Alexis Ponsot , que terminaram na terceira colocação.

Apesar de ter permanecido dois anos afastado da classe Star em função do ciclo olímpico na Laser para a Rio 2016, Robert Scheidt provou na disputa da Star Sailors League que não perdeu a mão da classe Star. Faltou pouco para que ele conquistasse o bicampeonato da prova. Em 2013, ele foi campeão velejando ao lado de Bruno Prada.

Mais em Vela