Siga o OTD

Jorge Zarif - Doping - Pandemia de coronavírus

Vela

Jorge Zarif estreia no Mundial de Finn 2021 em Portugal

Brasileiro está há mais de um mês na Europa se preparando para os Jogos Olímpicos

(Fred Hoffmann/OnBoard Sports)

Jorge Zarif estreia no Mundial de Finn 2021 em Portugal

Jorge Zarif estreia nesta sexta-feira (7) no Mundial de Finn, que será realizado na cidade do Porto, em Portugal. O atleta que se prepara para sua terceira olimpíada espera ficar entre os primeiros na competição, que reúne quase 60 competidores. Para conseguir melhores resultados e chegar pronto para Tóquio, o brasileiro está há mais de um mês no país europeu treinando ao lado do técnico Alexandre Paradeda.

Antes das atividades no Porto, Jorge Zarif participou do Campeonato Europeu de Finn, disputado em Vilamoura, terminando em 21º. O evento marcou o retorno dele às competições internacionais após quase dois anos de ausência.

-Robert Scheidt quer sexta medalha olímpica e exalta longevidade

Nesta quinta-feira (6), a organização do Mundial de Finn realizou a medição dos barcos e Jorge Zarif vai usar na raia da cidade do Porto. ”Estamos há um mês aqui em Portugal, tivemos o Europeu com um resultado abaixo da expectativa mas chegamos muito em cima lá, barco alugado, então apesar de ter sido um pouco abaixo era difícil fazer um campeonato bom pela falta de preparação, pelo tempo velejando longe dos melhores do mundo”, explicou Jorge Zarif.

O que esperar

”Aqui no Mundial já não vamos ter essa desculpa, já estamos um mês aqui com o barco, treinamos bastante aqui no Porto. Deu para se acostumar legal com as ondas, tivemos muito mais tempo de adaptação com as velas, com o mastro e muito mais tempo de preparar o material para ter uma velocidade competitiva, o que a gente não tinha lá em Vilamoura”.

O evento tem mais de 60 anos de história e tem o nome oficial de Finn Gold Cup. Jorge Zarif foi campeão mundial em 2013 em Tallin, na Estônia. O velejador também ganhou a versão júnior da competição um mês antes. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Com o material em dia enviado pela PGL e treinos mais constantes na Europa, o brasileiro espera voltar pra casa com um bom resultado. ”Já estou bem mais familiarizado com as largadas com bastante gente na raia, com o pessoal bom ao lado, vamos tentar fazer um bom resultado aqui para conseguir chegar confiante na reta final para as olimpíadas”.

Mais em Vela