Siga o OTD

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan

Vela

Fernanda Oliveira e Ana Barbacham fecham Portugal Grand Prix em 17º. lugar

A competição serviu de preparação para Fernanda Oliveira e Ana Barbachan para o Mundial de 470, que vai acontecer no mesmo local, em Vilamoura

Reprodução instagram

Fernanda Oliveira e Ana Barbacham fecham Portugal Grand Prix em 17º. lugar

Medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008, Fernanda Oliveira encerrou a participação, ao lado de Ana Barbachan, no Portugal Grand Prix na modesta 17ª. colocação. A competição, que durou três dias, serviu de preparação para o Mundial de 470, que vai acontecer no mesmo local, em Vilamoura, a partir de sexta-feira.

O Portugal Grand Prix teve duas regatas por dia e, em apenas uma das seis disputadas, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan tiveram bom desempenho. Elas ficaram em quarto lugar na terceira, mas, nas outras, colecionaram quatro 15ºs. lugares e um 16º., que foi descartado por ter sido o pior resultado.

Ao todo, a dupla brasileira, que está classificada para os Jogos Olímpicos de Tóquio, somou 64 pontos perdidos e ficou bem distante das medalhistas. Luise Wanser e Anastasiya Winkel, da Alemanha, ganharam o ouro com 14, seguidas pelas francesas Camille Lecointre e Aloise Retornaz, que tiveram 17, e as britânicas Hannah Mills e Eilidh McIntyre, que ficaram com o bronze com 29, apenas um a frente das americanas Carmen e Emma Cowles, que eram as líderes até a véspera, mas não foram bem no último dia e ficaram de fora do pódio.

No masculino, Henrique Haddad e Bruno Bethlem tiveram seu melhor dia nesta quarta-feira, quando ficaram em 13º. e em décimo, respectivamente, nas duas regatas disputadas no dia. Mas com um 15º. lugar, dois 16ºs. e uma desclassificação por queimar a largada nas provas anteriores, a dupla não passou da 19ª. posição com 70 pontos perdidos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

A medalha de ouro ficou com os espanhóis Jordi Xammar e Nicolas Rodriguez, que perderam apenas sete pontos. Eles só tiveram uma regata ruim, exatamente a primeira, quando ficaram em 17º. lugar. Depois disso, venceram três e ficaram em segundo lugar em duas, terminando com 19 pontos de vantagem em relação aos húngaros Balazs e Zsombor Gyapjas, que ficaram com a prata. Os suecos Anton Dahlberg e Fredrik Bergstrom completaram o pódio.

Mais em Vela