Siga o OTD

Miguel Hidalgo Etapa de Lisboa

Triatlo

Miguel Hidalgo é o melhor brasileiro na etapa de Montreal da Série Mundial

Na estreia do novo formato, Miguel Hidalgo terminou com a 11ª colocação geral e foi o melhor do Brasil na etapa de Montreal da Série Mundial de triatlo

Instagram Miguel Hidalgo

Miguel Hidalgo é o melhor brasileiro na etapa de Montreal da Série Mundial

Nova etapa, novo formato. Na disputa da etapa de Montreal da Série Mundial de triatlo, foi testado o um novo formato para a competição, o eliminator. Com ele, o melhor resultado do país ficou com Miguel Hidalgo, que terminou na 11ª colocação. Manoel Messias e Vittoria Lopes também competiram neste sábado (14).

-Com 13 olímpicos, equipe do Mundial de piscina curta e definida no José Finkel

Como funciona o eliminator

Eliminator é um novo formato intenso que ocorre ao longo de dois dias e ao longo de um percurso super-sprint: 300m de natação, 7,2 km de bicicleta, 2 km de corrida. Até 60 atletas foram sorteados em duas eliminatórias no primeiro dia. Os dez primeiros de cada qualificatória avançaram para o dia seguinte. Além dos 20 atletas, mais 10 competidores se classificaram para o segundo e decisivo dia através de uma repescagem.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Todos os 30 atletas classificados para a rodada final no segundo dia de competição. Todos os 30 competidores largam para uma primeira bateria no 2º dia e os 10 últimos que cruzarem a linha de chegada são eliminados. Na segunda bateria do dia participam os 20 atletas que ainda disputam o torneio e novamente os 10 últimos que terminarem a prova são eliminados. Por fim, em uma terceira bateria, agora com apenas os 10 melhores classificados, se conhece o campeão.

Como foi o dia

Na primeira bateria masculina, MIguel Hidalgo e Manoel Messias conseguiram avançar. Na disputa, Miguel terminou com o tempo de 21min54s e foi o sétimo melhor classificado, avançando para a segunda bateria da final. Da mesma maneira, Manoel Messias fechou o primeiro estágio do dia decisivo da etapa de Montreal da Série Mundial de triatlo com a marca de 21min57s, ficando com a 20ª posição e a última vaga para a segunda bateria.

Nela, os dois brasileiros não foram bem. Na disputa somente os 10 primeiros avançavam de fase e Miguel Hidalgo ficou de fora por uma posição. Ao terminar com a marca de 21min37s, o triatleta do Brasil foi o 11º a cruzar a linha de chegada e foi eliminado. Já Manoel Messias completou a prova com a marca de 24min12s e repetiu o 20º lugar.

A primeira brasileira a participar da etapa de Montreal da Série Mundial de triatlo foi Vittoria Lopes. Como era esperado, a brasileira foi a melhor na natação, terminando com 3min55s e saindo para a transição para o ciclismo em primeiro. Contudo, assim como aconteceu no sábado, Vittoria perdeu posições no ciclismo, indo para a corrida como a oitava colocada. Na terceira parte, que é a mais difícil para Vittoria, a representante do Brasil acabou sentindo o ritmo e terminou em 22º lugar.

Mais em Triatlo